Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Tiago Nunes diz estar com 'consciência tranquila' no Corinthians

Técnico ainda ironiza pressão que tem sofrido, da torcida e até do diretor de futebol Duílio Monteiro Alves

Redação, Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2020 | 23h56

O técnico Tiago Nunes voltou a falar neste sábado que entende a cobrança por resultados e melhores atuações do Corinthians. Após o empate por 2 a 2 com o Botafogo, graças ao gol de aos 47 minutos do segundo tempo, o treinador disse estar com a "consciência tranquila" no comando da equipe paulista.

Tiago Nunes também ironizou ao ser questionado sobre a pressão que tem sofrido. Além de torcedores, no dia 1º de setembro até o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves cobrou publicamente uma melhora de desempenho do Corinthians. Em sete partidas no Brasileirão, o time soma nove pontos, com duas vitórias, três empates e duas derrotas.

"A cobrança, já falei inúmeras vezes, é normal. Em um clube da magnitude do Corinthians você está sempre pressionado. Já ouvi que meu cargo estava em jogo em janeiro, fevereiro, março, abril, maio, junho, julho, agosto. Agora estamos em setembro e continuo ouvindo isso. Uma hora alguém vai acertar, faz parte do futebol. Quem tiver essa chamada que o treinador do Corinthians vai sair continue repetindo, porque uma hora acerta. Faz parte do jogo. Coloco a cabeça no travesseiro com a consciência tranquila que estamos fazendo o máximo para fazer o time evoluir e melhorar", declarou o treinador.

"Vim pra cá para participar de uma mudança de filosofia e de cultura. A cobrança imediata pelo resultado é normal. Agora, nada melhor que o tempo para entender quais são os jogadores que têm condição de exercer essa mudança que a gente quer. O quanto o Corinthians vai ter futuramente de investir no mercado para trazer jogadores com esse perfil. São coisas que a gente está passando esse ano, nessa temporada, e que talvez que só a médio e longo prazo a gente vai conseguir sanar da maneira ideal que o torcedor e todos desejam", acrescentou.

Na próxima rodada, o Corinthians terá pela frente o clássico contra o Palmeiras. A partida será realizada na quinta-feira, às 19h15, na Neo Química Arena.

"Todo clássico tem peso diferenciado, pela tradição e cobrança da torcida e de vocês mesmo. Estar no Corinthians está numa condição de ter sempre de ter de vencer. Isso a gente compreende e entende. Jogar clássico é uma condição que às vezes te coloca no céu ou para baixo. Tem de estar num nível de entendimento e de equilíbrio muito grande para fazer um jogo bom. Jogamos três clássicos, vencemos um e empatamos dois. Sempre equilibrado. Não vai ser diferente na próxima quinta-feira. Jogo de detalhes. A equipe que errar menos provavelmente vai conseguir ter sucesso", projetou Tiago Nunes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.