Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Tiago Nunes pede cautela sobre retorno de Pedrinho ao Corinthians na Libertadores

Jogador volta a treinar com a equipe na terça-feira e deve ser relacionado para o duelo com o Guaraní

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2020 | 19h41

O meia Pedrinho disputará no domingo contra a Argentina o último jogo pela seleção brasileira sub-23 no Pré-Olímpico da Colômbia. Ele retorna ao Brasil no dia seguinte e deverá fazer o primeiro treino pelo Corinthians na terça-feira. O jogador vive a expectativa de começar em campo o duelo de volta com o Guaraní, do Paraguai, quarta-feira, em Itaquera, pela segunda fase da Libertadores. O técnico Tiago Nunes não garante a presença do novo camisa 10 da equipe.

"Até o momento não pensei no Pedrinho. O retorno vai precisar de adaptação, onde ele pode jogar, ele vai e que merecer, disputar posição, ninguém tem cadeira cativa, os atletas alternam", afirmou o treinador.

Pedrinho deve ser relacionado para a partida. A dúvida que fica é se começará ou não entre os titulares. Se optar por ele, o jogador pode atuar centralizado no lugar de Luan ou aberto pela direita, posição em que mais jogou na temporada passada.

No lado direito, Tiago Nunes também espera ter a volta de Ramiro. O jogador se machucou na partida contra a Ponte Preta na semana passada e desfalcou o Corinthians nos dois últimos jogos. Sem ele, o treinador colocou Janderson no setor e Everaldo ganhou oportunidade entre os titulares aberto pela esquerda.

O Corinthians vem de derrota por 1 a 0 para o Guaraní em Assunção, no Paraguai, e volta a campo no domingo para enfrentar a Inter de Limeira, em casa, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. Tiago Nunes não confirmou, mas deve poupar alguns jogadores por causa da partida pela Libertadores da próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.