Divulgação/ Corinthians
Divulgação/ Corinthians

Tiago Nunes vai usar Florida Cup para montar o Corinthians para o Paulistão

Novo treinador vai enfrentar New York City e Atlético Nacional pensando no Campeonato Paulista

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de janeiro de 2020 | 13h59

O técnico Tiago Nunes afirma que a participação do Corinthians na Florida Cup, quando vai enfrentar o New York City e o Atlético Nacional, na semana que vem, vai ajudar a definir o time-base para a disputa do Campeonato Paulista. A equipe alvinegra estreia no dia 22 de janeiro diante do Botafogo.

“O fato de estarmos juntos nesse período, na Florida, e também termos a oportunidade de disputar dois jogos de alto nível, nos ajuda a prever e imaginar uma equipe-base para iniciar uma competição dura, que é o Paulista”, afirmou o novo técnico corintiano em entrevista aos organizadores da Florida Cup. “Temos que saber que esse é o primeiro passo, primeira avaliação. E somente a sequência de partidas nos mostrará o caminho exato e qual a organização coletiva que melhor se enquadrará para o nosso time durante essa temporada.

Tiago pretende usar o torneio para começar o processo de transformação. “A pré-temporada é onde aplicamos as principais ideias e compartilhamos com os atletas qual é o planejamento e as ideias que vão nortear o trabalho. Então, esse primeiro momento é de transformação, de impacto, de mostrar ideias que serão desenvolvidas no decorrer da temporada. É o passo inicial”, afirmou o treinador.

Nesse processo, o foco inicial é o aperfeiçoamento físico, a base para que consiga implantar seu estilo, marcado pela intensidade, marcação sob pressão e constante movimentação. “Esse período inicial é de aprimoramento da parte física. Queremos um time altamente competitivo. Então, temos que aprimorar os comportamentos de competitividade, de pressão no portador da bola, de equilíbrio defensivo, ações que nos leve rapidamente ao gol adversário. São ações que tentaremos aprimorar nesse período juntos e utilizar as partidas da Florida Cup para conseguir melhorar e desenvolver a equipe como um todo.

O novo treinador corintiano também analisou os adversários. “O New York City é uma equipe que, pela campanha que vem fazendo e fez na última temporada, merece todo o respeito e atenção, pois tem jogadores e comportamentos coletivos do mais alto nível internacional”, disse o treinador.

O confronto com os colombianos está sendo considerado como um teste para a pré-Libertadores. O Corinthians estreia no dia 5 de fevereiro diante de um rival que ainda será definido. “O Atlético Nacional, até por ser um time sul-americano, também nos oportuniza a entender um pouco das dificuldades que enfrentaremos na pré-Libertadores. É um jogo que tem, além da qualidade, muita velocidade, imposição física, que é uma característica do futebol sul-americano”, completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.