Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Divulgação/Lokomotive Leipzig
Divulgação/Lokomotive Leipzig

Time alemão vende 125 mil ingressos de jogo fictício para não falir

Lokomotive, da 4ª divisão da Alemanha, pretende até fazer 'transmissão da partida'

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2020 | 13h49

O Lokomotive Leipzig, da quarta divisão da Alemanha, anunciou, nesta segunda-feira, que vendeu mais de 125 mil ingressos para um "jogo virtual contra um adversário invisível em 8 de maio". Trata-se de um recorde de venda de bilhetes na história da equipe.

A liga regional do nordeste da Alemanha foi suspensa por tempo indefinido por causa da pandemia do coronavírus e o Lokomotive iniciou a ação para ajudá-lo a sobreviver durante a paralisação. Fundado em 1893, o time divide a liderança da quarta divisão com o Altglienicke, ambos com 47 pontos, mas disputou um jogo a menos. Em 22 rodadas, foram 13 vitórias, oito empates e uma derrota.

"Haverá uma transmissão ao vivo do estádio, os holofotes serão acesos e nossos comentaristas de rádio na internet estarão trabalhando no jogo. Não posso revelar mais no momento. O dinheiro será usado para manter o Lokomotiv funcionando. Temos 300 jogadores jovens, precisamos pagar a equipe e cuidar das instalações", disse um porta-voz do clube.

O ex-clube da liga da Alemanha Oriental está vendendo ingressos simbólicos a um euro (cerca de R$ 5,64) com o objetivo de bater o recorde estabelecido em 1987, quando 120 mil fãs assistiram à semifinal da Copa dos Vencedores das Copas contra o Bordeaux no estádio central de Leipzig.

"Quando começamos a campanha em 19 de março, ninguém poderia imaginar que quebraríamos marca de 120 mil tão rapidamente", disse o presidente da Lokomotiv, Thomas Lowe. "Em nome do clube, agradeço a todos os torcedores que fizeram contribuições de todo o mundo. É ótimo ver como a família azul e amarela está se unindo nesses tempos difíceis",completou o dirigente.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolcampeonato alemão de futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.