Fredy Builes/Reuters
Fredy Builes/Reuters

Time 'B' do Atlético-MG perde, mas se classifica

Mineiros levam 1 a 0 do Independiente Santa Fé na Colômbia e se garantem nas quartas da Sul-Americana

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 00h05

O Atlético-MG classificou-se nesta quarta-feira às quartas de final da Copa Sul-Americana ao perder, com seu time reserva, por 1 a 0 com o Independiente Santa Fé, em Bogotá, na Colômbia.

Depois de vencer o jogo de ida, semana passada, em Sete Lagoas, por 2 a 0, Dorival Júnior decidiu concentrar toda a atenção do time mineiro na luta para fugir do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Por isso, o técnico manteve todos seus titulares, com exceção do goleiro Renan Ribeiro, no Brasil e também nem sequer viajou - encarregou o auxiliar Ivan Rizzo de comandar a equipe em Bogotá.

Naturalmente desentrosado, o time mineiro passou sufoco na altitude de cerca de 2640 metros da capital colombiana. Precisando ganhar por três gols de diferença, o Independiente Santa Fé foi todo para cima e sufocou o rival durante boa parte do primeiro tempo. Renan Ribeiro precisou fazer ao menos duas defesas difíceis e ainda torcer para que um chute de Otálvaro saísse rente à trave direita.

O Atlético-MG só conseguiu se impor nos minutos finais, quando teve a chance de abrir placar com Neto Berola, que arrancou pela direita, invadiu a área e bateu torto, longe do gol.

A pressão colombiana continuou no segundo tempo e não demorou para surtir efeito. Noguera recebeu na entrada da área e encheu o pé para acertar o canto direito de Renan Ribeiro. Logo em seguida o Atlético-MG perdeu Neto Berola, contundido, que cedeu lugar ao garoto Jheimy.

O que poderia ser o primeiro passo para a classificação do Santa Fé, no entanto, parou por aí graças à sequência das boas defesas de Renan Ribeiro. O Atlético-MG, por sua vez, aos poucos foi se soltando e assustou em chutes de longe de Diney. Não conseguiu evitar a derrota, mas cumpriu sua missão e agora terá mais moral para enfrentar o arquirrival Cruzeiro no domingo, pelo Brasileiro.

FICHA TÉCNICA: Independiente Santa Fé 1 x 0 Atlético-MG

Independiente Santa Fé - Julio; Otálvaro, Jhonnier González, Valdés e Noguera (Viafara); Anchico, Torres, Mario González (Bernal) e Seijas; Rodas (Salazar) e Nazarith. Técnico - Nestor Otero

Atlético-MG - Renan Ribeiro; Jairo Campos, Cáceres e Lima; Diego Macedo, Alê, Edison Méndez, Diney e Fernandinho; Neto Berola (Jheimy) e Ricardo Bueno (Fabiano). Técnico - Ivan Izzo (auxiliar-técnico)

Gols - Noguera, aos 15 minutos do segundo tempo

Árbitro - Carlos Vera (EQU)

Cartões amarelos - Renan Ribeiro, Alê, Mario González, Jhonnier González, Ricardo Bueno, Julio, Torres e Lima

Local - Estádio El Campín, em Bogotá (COL)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.