Time belga dispensa goleiro após críticas na internet

O FC Brugge anunciou nesta terça-feira a dispensa do goleiro Stijn Stijnen, com passagem pela seleção belga, após o clube descobrir que o jogador estava ligado aos comentários em um site de torcedores elogiando seu desempenho e criticando seus companheiros de equipe.

AE-AP, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 14h10

Stijnen já tinham sido "rebaixado" para a equipe B na semana passada por "prejudicar os interesses e a imagem do clube", mas agora os dois lados decidiram pelo "fim da sua cooperação com efeitos imediatos". O contrato do goleiro de 29 anos com o Brugge ia até 2015.

Depois que a história da campanha de difamação na internet surgiu e colocou o goleiro no centro das acusações no fim de semana, seu irmão e namorada alegaram que Stijnen não havia escrito os comentários. Neles, Stijnen foi descrito como um "herói" e "maravilhoso", enquanto os outros goleiros, membros da comissão técnica e dirigentes eram criticados.

Stijnen disputou 30 partidas pela seleção da Bélgica entre 2006 e 2009 antes de um desentendimento com o então treinador Dick Advocaat, que se recusou a defini-lo como goleiro titular.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBruggeStijneninternet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.