Always Ready/Divulgação
Always Ready/Divulgação

Time boliviano que joga a mais de 4 mil metros de altitude garante vaga na Libertadores

Always Ready, da cidade de Al Alto, conquista a liga local e estará na fase de grupos da próxima edição

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

01 de janeiro de 2021 | 19h11

A próxima edição da Copa Libertadores terá um participante que nenhum time brasileiro vai querer enfrentar. O Always Ready, da Bolívia, garantiu vaga na próxima edição do torneio ao conquistar o campeonato local. A equipe é sediada na cidade de El Alto, na região metropolitana de La Paz, a uma altitude de 4,1 mil metros acima do nível do mar. Na história recente do torneio, nenhum time brasileiro jogou em local tão alto.

A cidade do clube é onde está localizada o aeroporto internacional de La Paz. A capital boliviana é destino comum das equipes brasileiras em competições internacionais por ser sede dos tradicionais Bolívar e The Strongest. Porém, a cidade está localizada a 3,6 mil metros. Outras cidades bolivianas que costumam a receber jogos da Libertadores também não chegam a ser tão altas como a casa do Always Ready.

Oruro, por exemplo, está a 3,8 mil metros e tem o San José como representante principal. Uma das mais altas do país é Potosí, a 4 mil metros. A cidade é casa do Nacional e do Real Potosí. Outro tradicional destino de jogos de Libertadores é Cochabamba, em especial quando se trata de enfrentar o Jorge Wilstermann. A cidade está a uma altitude de "apenas" 2,5 mil metros.

A altitude das cidades bolivianas representa um desafio para os times brasileiros principalmente pelo ar rarefeito. As equipes do País costumam ter dificuldades com a dificuldade para respirar e a adaptação ao jogo. A bola costuma ser mais rápida no deslocamento por existir nessas cidades uma resistência menor do ar.

O Always Ready garantiu vaga na Libertadores ao vencer o Nacional Potosí por 2 a 0 no dia 31 de dezembro. O campeão boliviano não ganhava o torneio há 63 anos e só disputou a Libertadores uma vez, em 1968. O time tem no elenco o colombiano Duvier Riascos, que teve passagem no Brasil por Cruzeiro e Vasco. A maior estrela é o goleiro Carlos Lampe, titular da seleção boliviana.

A equipe manda os jogos no Estádio Municipal de El Alto, que foi inaugurado em 2017 e é um dos mais modernos do país. Em 2019 o local ficou marcado pela morte do árbitro Víctor Hugo Hurtado, vítima de uma parada cardíaca enquanto apitava uma partida entre Always Ready e Oriente Petrolero.

Pelo título, o Always Ready está garantido na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores. O torneio deve ter início em fevereiro, logo após o encerramento da atual edição, prevista para o fim de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.