Time chileno é o 1.º rival do Flamengo na Libertadores

O Flamengo conheceu, nesta terça-feira, o seu primeiro adversário na Copa Libertadores da América. No próximo dia 24, pelo Grupo 8, no Maracanã, o time carioca enfrentará o Universidad Católica. Nesta terça-feira, em Santiago, o time chileno sofreu para conseguir a classificação, apenas na definição por pênaltis, contra o Colón, da Argentina.

AE, Agencia Estado

09 de fevereiro de 2010 | 23h29

No jogo de ida, em Santa Fé, os argentinos haviam vencido por 3 a 2. Nesta terça, a Universidad Católica devolveu o placar, mas de forma dramática para seus torcedores. Henríquez fez 1 a 0 e a vaga estava sendo dos chilenos. No entanto, Moreno e Fuertes viraram o placar e a classificação estava perto do Colón. Graças aos gols de Toloza e Morales, a decisão ficou para os pênaltis.

Na definição da vaga, a Universidad Católica mostrou grande precisão ao acertar todas as cinco cobranças - Mannara fez o gol da classificação, por 5 a 3. No Colón, apenas Moreno desperdiçou a sua cobrança.

OUTROS JOGOS - Mais duas partidas, já pela fase de grupos, foram disputadas nesta terça. Em Assunção, pelo Grupo 2 (o mesmo do São Paulo), o Once Caldas mostrou um bom futebol e derrotou o Nacional, do Paraguai, por 2 a 0. Os gols foram marcados por Jaime Castrillón e Dany Santoya.

Em Montevidéu, o Cerro fez o dever de casa e ganhou do Deportivo Cuenca, do Equador, por 2 a 0, pelo Grupo 5 (o mesmo do Internacional). Claudio Dadomo, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Rodrigo Mora, aos 17 da segunda etapa, anotaram os gols do time uruguaio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.