Time de Felipão tropeça e vice-campeão mundial perde na Liga dos Campeões da Ásia

Guangzhou Evergrande empatou com o Kawasaki Frontalee caiu para segundo em seu grupo

Estadao Conteudo

12 de abril de 2017 | 15h30

O Guangzhou Evergrande perdeu a liderança do Grupo G da Liga dos Campeões da Ásia, nesta quarta-feira, ao tropeçar fora de casa. O time chinês, comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, empatou sem gols com o Kawasaki Frontale, no Japão, e caiu para a segunda colocação da chave.

A equipe de Felipão entrou em campo com os brasileiros Alan, Ricardo Goulart e Paulinho, da seleção. E dominou a partida no primeiro tempo. Foi do time chinês que surgiram as melhores chances de gol. Mas, na segunda etapa, os visitantes caíram de rendimento e deram espaço para o time japonês, que até teve chances de vencer o jogo, em lances dos brasileiros Eduardo Neto e Rhayner.

Com o resultado, o Guangzhou Evergrande chegou aos seis pontos e caiu para o segundo posto do grupo porque, no outro jogo da rodada, o Suwon Bluewings goleou o Eastern Sports Club por 5 a 0, diante de sua torcida. O vencedor chegou aos oito pontos e desbancou o time de Felipão da ponta.

Pelo Grupo E, na Austrália, o Brisbane Roar ganhou do Kashima Antlers, atual vice-campeão mundial, por 2 a 1. Jamie Maclaren e Brett Holman marcaram para os donos da casa, enquanto Ryota Nagaki descontou para os visitantes.

Apesar do revés, os vice-campeões mundiais seguem na liderança da chave, com seis pontos. E o Brisbane continua em quarto e último lugar, com quatro. O Muang Thong United, que venceu o Ulsan Hyundai por 1 a 0, em casa, tem cinco pontos e ocupa a segunda colocação, que também avança à próxima fase. E o Ulsan é o terceiro, com quatro.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol Internacionalfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.