Time de Guaratinguetá anuncia mudança para Americana

Equipe mudará de nome para Americana Futebol LTDA, terá uma águia como mascote e não perderá a vaga na Série B

AE, Agência Estado

15 Outubro 2010 | 18h05

Nesta sexta-feira foi confirmada a mudança do Guaratinguetá Futebol LTDA para a cidade de Americana. A informação foi anunciada pela assessoria da Prefeitura de Americana. A apresentação do Americana Futebol LTDA acontecerá na próxima segunda-feira, numa pizzaria da cidade. O anúncio oficial por parte da Federação Paulista de Futebol (FPF) deve acontecer nos próximos dias.

A mudança de nome não vai implicar na perda da vaga no Campeonato Paulista de 2011, nem mesmo na vaga do time no Campeonato Brasileiro da Série B. Os donos do clube pediram aos empresários da região do Vale do Paraíba investimentos no valor de R$ 6 milhões, sendo dez parcelas de 600 mil mensais. Sem o aval da Prefeitura de Guaratinguetá, a transferência para Americana foi acertada. A prefeitura de Americana não vai investir nenhum dinheiro, mesmo porque existe lei que proíbe este tipo de investimento.

Na nova cidade, estima-se que a Prefeitura de Americana vai agregar empresas para levantar um valor parecido, além de ceder a reforma no estádio Décio Vitta, que antes era do Rio Branco e agora é da prefeitura. Mesmo sem a apresentação oficial, já foram divulgados o novo símbolo e mascote do Americana Futebol LTDA. As cores predominantes são da bandeira de Americana: azul, vermelho e branco. Além disso, o mascote do novo clube é uma Águia.

Em Guaratinguetá, apesar dos protestos da população local, a mudança já foi confirmada. "Quero agradecer ao prefeito de Guaratinguetá, Junior Fillipo, a toda cidade e em especial a torcida que durante todos esses anos ajudou e incentivou nosso time. Recebemos propostas de algumas cidades e Americana nos agradou bastante. Gostaríamos de agradecer a todos os municípios que demonstraram interesse em nosso projeto e pedir ao público da região que nos aguarde para a temporada de 2011", destacou Ricardo Navajas, coordenador de futebol.

A troca de clubes de cidades começou em 2005, quando o SEV deixou a cidade de Votuporanga e se hospedou em Hortolândia, na região metropolitana de Campinas. No começo de 2010, o Barueri anunciou a sua ida para a cidade de Presidente Prudente. Assim, a FPF instituiu o pagamento de multa de R$ 800 mil para o clube que desejasse trocar de cidade, valor que já teria sido pago pelos proprietários do Guaratinguetá.

Apesar do novo clube que Americana ganha, um grupo de conselheiros e de ex-dirigentes promete assumir, nesta semana, o controle do futebol do Rio Branco, que tem 97 anos de vida. O time vai disputar a Série A-2 em 2011, equivalente à Segunda Divisão estadual.

Mais conteúdo sobre:
futebol Guaratinguetá Americana Paulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.