Divulgação/Red Bull Brasil
Divulgação/Red Bull Brasil

Time de melhor campanha, Red Bull vai às quartas sem perder para os grandes

Equipe conta com elenco experiente e ganhou oito dos últimos nove compromissos

Redação, O Estado de S. Paulo

21 de março de 2019 | 11h18

O Red Bull terminou nesta quarta-feira a primeira fase do Campeonato Paulista com a melhor campanha geral e aspectos interessantes. O time do técnico Antônio Carlos Zago construiu os bons resultados ao mesclar a proposta de organização financeira do clube empresa à estratégia de montar um elenco experiente, repleto de jogadores que tiveram passagens pelos principais clubes do Brasil.

Após ganhar oito dos últimos nove compromissos, o Red Bull terá pela frente nas quartas de final o Santos. O encontro, no entanto, não assusta o time de Campinas. A grande surpresa deste Estadual não perdeu para nenhum dos grandes até agora. O clube conseguiu empatar com o Palmeiras e São Paulo, assim como ganhar do Corinthians por 2 a 0, fora de casa.

O time comandado pela empresa austríaca de bebidas tem mentalidade empresarial e propostas de trabalho vinculadas à matriz, localizada em Salzburgo. O Red Bull Brasil obedece diretrizes de planejamento, seja nas metas ou nas finanças. A diretoria tem o cuidado de não gastar demais e enfrenta a limitação de que pelo clube ser uma empresa, tem de pagar mais impostos do que as demais equipes, que são registradas como clubes sociais.

Por isso, o Red Bull procura ser cirúrgico e não errar nas contratações. O técnico Zago e o diretor executivo Thiago Scuro procuraram montar um elenco mesclado. Os jovens das categorias de base têm a companhia de vários atletas experientes e acostumados ao alto nível do Campeonato Paulista por já terem atuado por grandes equipes do futebol brasileiro.

O goleiro Júlio César, por exemplo, jogou no Corinthians. O zagueiro Ligger tem a experiência de ter passado por Botafogo e Fortaleza. O volante Uilian Correa defendeu clubes como Coritiba, Cruzeiro e Vitória. Já o artilheiro do time na competição, Ytalo, com cinco gols, teve passagem pelo São Paulo, em 2016.

O Red Bull chega ao mata-mata com oito vitórias nos últimos nove compromissos. Nesta quarta-feira, o time bateu o Guarani por 2 a 1, em Campinas, com a formação reserva. O treinador resolveu dar descanso aos principais jogadores e ainda assim comemorou ter fechado a primeira fase com a melhor campanha: 27 pontos e 70% de aproveitamento.

Os sonhos do clube estão além da disputa do Campeonato Paulista. Ser campeão é um objetivo, assim como expandir a atuação do Red Bull. A diretoria negociar para comprar uma outra equipe e conseguir colocar o elenco para disputar a Série B do Brasileiro. Uma das opções mais prováveis é realizar essa operação com Oeste, que manda os jogos em Barueri.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.