JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Time de Rivaldo está a um empate do acesso à Série B do Brasileiro

Presidido pelo ex-meia, Mogi Mirim recebe o Salgueiro (PE) nesta sexta-feira, na Série C, para garantir vaga na semifinal e promoção

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

24 de outubro de 2014 | 07h00

O pentacampeão Rivaldo pode comemorar nesta sexta-feira o primeiro feito nacional como dirigente. O Mogi Mirim, presidido pelo ex-jogador, joga por um empate em casa com o Salgueiro (PE) para garantir a promoção à Série B do Brasileiro de 2015.

A partida, que tem início às 16h, vale ainda vaga na semifinal da competição e a façanha está perto graças ao ótimo resultado arrancado pelo time no domingo, quando ganhou por 1 a 0 como visitante. Caso o favoritismo se confirme e o time paulista avance, deve ser repartido entre o elenco a premiação de R$ 300 mil prometida pela diretoria – o valor é cerca do dobro da folha salarial.

A participação de Rivaldo no cotidiano do clube supera a de ser presidente. No time, jogam Romildo, de 16 anos, sobrinho dele, além de Rivaldo Junior, de 19 anos. "O Rivaldo sempre honra os compromissos financeiros e está presente em vários dos nossos rachões. Mas quando joga, poucos jogadores se arriscam a dar entradas duras nele", contou o técnico, Claudinho Batista.


O grupo do Mogi Mirim tem ainda veteranos. No gol, o titular é Mauro, de 36 anos, campeão brasileiro pelo Santos em 2004. Um dos volantes titulares é Magal, ex-Ponte Preta.

Rivaldo preside o Mogi Mirim desde 2008 e nesse período o time se tornou Campeão Paulista do Interior, em 2012. Em abril deste ano o ex-jogador desistiu de forma parcerias com empresas e assumiu sozinho a organização do clube. "O Rivaldo chegou a ter dúvida se continuava ou não com o time. Mas insistiu e com a união do elenco, chegamos longe na competição", disse o treinador.

Para o próprio técnico Claudinho a competição também é uma vitrine. Contratado apenas para comandar o time na Copa Paulista, ele pela primeira vez disputa uma competição nacional e já está a um passo da semifinal.

O escolhido pela Fifa como melhor do mundo em 1999 jogou futebol profissionalmente até o Campeonato Paulista de 2014, quando, inclusive, atuou ao lado do filho durante algumas partidas,

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRivaldoSérie CMogi Mirim

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.