Divulgação
Divulgação

Time de Tardelli bate o de Goulart nos pênaltis e é campeão na China

Pela Supercopa da China, equipes fazem jogo equilibrado, mas Shandong Luneng leva a melhor sobre o Guangzhou Evergrande

Estadão Conteúdo

14 de fevereiro de 2015 | 10h33

Ao longo das últimas temporadas, Ricardo Goulart e Diego Tardelli foram dois dos principais protagonistas da rivalidade entre Cruzeiro e Atlético-MG, os mineiros que dominaram o futebol brasileiro de 2013 para cá. Neste sábado, os jogadores viveram o primeiro capítulo desta rivalidade na China, e quem levou a melhor foi Tardelli. O Shandong Luneng, time do ex-atleticano, derrotou o Guangzhou Evergrande, de Goulart, nos pênaltis e se tornou campeão da Supercopa da China.

As duas equipes fizeram um jogo bastante equilibrado, que terminou empatado por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. Na disputa de pênaltis, tanto Tardelli quanto Goulart converteram suas cobranças, mas Huang Bowen desperdiçou a sua. Coube então a outro brasileiro, o atacante Aloísio, ex-São Paulo, fazer o gol que garantiu o triunfo por 5 a 3 e o título ao Shandong.

Além de Aloísio e Tardelli, outros brasileiros que comemoraram o título foram o técnico Cuca e o volante Junior Urso. Assim como o meia argentino Montillo, ex-Cruzeiro e Santos. Do lado derrotado, além de Goulart, estavam o técnico italiano Fabio Cannavaro e os brasileiro Elkeson, Renê Junior e Alan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.