Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Divulgação/ Bayern de Munique
Divulgação/ Bayern de Munique

Time do Bayern de Munique volta aos treinamentos em pequenos grupos

Direção do clube alemão afirma que a sessão de treinamento 'seria realizada em coordenação com a política do governo e com as autoridades relevantes'

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de abril de 2020 | 08h43
Atualizado 06 de abril de 2020 | 12h18

Os jogadores do Bayern de Munique voltaram aos treinos em pequenos grupos nesta segunda-feira apesar das restrições impostas na Alemanha e em todo o mundo devido à pandemia do novo coronavírus. A decisão dos atuais heptacampeões alemães foi tomada a exemplo do Borussia Dortmund e Wolfsburg, que também colocaram seus jogadores em atividade.

A direção do Bayern afirmou que a sessão de treinamento "seria realizada em coordenação com a política do governo e com as autoridades relevantes". O clube acrescentou que é "importante ressaltar que todos os regulamentos de higiene serão rigorosamente observados" no clube.

Os jogos da liga alemã foram suspensos até pelo menos 30 de abril. Clubes e Liga discutem a retomada das partidas sem torcida nos estádios e com testes regulares da covid-19 para jogadores e funcionários. Nenhum jogo da liga alemã é disputado desde 8 de março. O Campeonato Alemão foi interrompido na 25.ª rodada, a nove do final, com o Bayern na liderança, com 55 pontos, quatro à frente do Borussia Dortmund. O Leipzig é o terceiro colocado, com 50 pontos.

De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde, a Alemanha já tem 91.714 casos registrados e um total de 1.342 mortos em razão da pandemia. Saiba mais informações sobre o coronavírus.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBayern de Muniquecoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.