Time eliminado é vice-campeão em MT

A portaria 37 expedida pelo Comitê Excutivo do Campeonato Estadual na tarde desta terça-feira diz que o Mixto está impedido de disputar o Estadual de 2002 e o Juventude é o campeão da temporada. O presidente da entidade, ressuscitada após as confusões da temporada, Altair Cavaglieri ainda desconheceu a existência do TJD, afirmando que o Juventude somou 6 pontos na Terceira Fase (Finais) e por isso é o campeão. "Ele não tem poder para invalidar uma decisão do TJD e nem para impedir que o julgamento ocorra. Isso não existe", detonou o presidente do Mixto, Wilson Bregunci. Quanto a ameaça de não participar do Estadual de 2002, Bregunci desafiou Cavaglieri. "Quero ver ele fazer isso. Nem ele nem o Comitê.Só uma decisão do Tribunal pode tirar o Mixto", concluiu. Como detalhe, Bregunci lembrou que nem em Primavera do Leste o presidente do Comitê esteve domingo, para a entrega do Troféu de campeão, ao time que o eliminou. A surpresa no entanto foi o Comitê ter declarado o Sinop Esporte Clube (time eliminado da competição nas semifinais) como o vice-campeão da temporada. O presidente mixtense acha que a atitude do dirigente do Comitê, visa beneficiar a equipe presidida por ele mesmo, que pode com isso disputar a Copa do Brasil em 2002. Toda essa polêmica terá mais um capítulo na quinta-feira, quando o TJD da FMF julga um recurso do Mixto, que pede a anulação da primeira partida das finais, com base no erro de direito do árbitro do jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.