Reprodução - site do WW-Vento
Reprodução - site do WW-Vento

Time holandês da 1ª divisão contrata garoto de 18 meses

VVV-Venlo anunciou acordo com Baerke van der Meij, neto de um ex-jogador da equipe, por 10 anos

AE, Agência Estado

28 de abril de 2011 | 12h00

VENLO - Os contratos com jovens talentos do futebol mundial são uma realidade cada vez mais presente no esporte. Mas o VVV-Venlo, da primeira divisão holandês, foi além e anunciou um acordo com Baerke van der Meij, um garoto de apenas um ano e meio de idade.

Por conta da legislação, o clube não pode contratar oficialmente o garoto, mas, de acordo com seu site oficial, ofereceu um "contrato simbólico" para contar com o talento da criança por dez anos. Baerke é neto de um ex-jogador do Venlo e foi procurado pela equipe após ter um vídeo do Youtube, no qual ele chuta bolas de pelúcia em um baú, analisado pela direção.

"A posição preferida da criança ainda não foi determinada. No entanto, pode-se falar de um jogador destro, com uma técnica de chute muito boa, perseverança, e o mais importante: os genes de futebol de seu avô Van der Meij", escreveu o clube em seu site oficial.

Baerke van der Meij já foi apresentado como novo "reforço" do Venlo. Como aconteceria com qualquer contratação, ele foi ao campo, bateu bola, com o astro do time profissional, Ken Leemans, e depois vestiu a camisa da equipe na sala de imprensa, após ter visto o "contrato simbólico" ser assinado por seu pai, Jorg van der Meij.

O acerto com Van der Meij parece ser uma ação para fazer os torcedores do Venlo esquecerem da atual situação do time, que ocupa apenas a penúltima colocação do Campeonato Holandês, com 18 pontos, e já está matematicamente rebaixado para a segunda divisão do ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.