Time italiano é criticado por usar logo do Hezbollah

Clube de futebol amador italiano usa escurdo em agalhaso que faz referência ao grupo terrorista

Ansa

08 de janeiro de 2008 | 18h27

Um clube de futebol amador italiano teve que se defender nesta terça-feira das críticas que provocou o uso de um logotipo do grupo terrorista libanês Hezbollah no casaco do time.   "Não pretendo fazer referência alguma a organizações políticas, mas sim a nosso espírito combativo", explicou Davide Volponi, titular do time que mudou várias vezes de nome em suas 15 temporadas no futebol amador e que esse ano se chamará Zassbollah.   O agasalho da equipe exibe como logotipo um punho levantado segurando uma metralhadora, semelhante a uma bandeira do Hezbollah, mas segundo Volponi, "não pretendemos tomar uma posição política, nem muito menos partido na relação entre Líbano e Israel".

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato ItalianoHezbollah

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.