Time venezuelano expulsa dois jogadores por maus tratos a animal

Time venezuelano expulsa dois jogadores por maus tratos a animal

David Barreto e Eduin Quero foram filmados agredindo um gato

Estadão Conteúdo

03 de abril de 2018 | 14h30

O Zulia anunciou nesta terça-feira a expulsão de dois jogadores de seu elenco. O clube da primeira divisão venezuelana, que disputou a Libertadores do ano passado, excluiu David Barreto e Eduin Quero após um escândalo que estourou no país com a publicação de um vídeo em que estes nomes maltratam um gato.

"Estão expulsos definitivamente da equipe David Barreto e Eduin Quero por violar o regulamento interno do clube realizando ações que atentam contra os valores fundamentais desta instituição. Os jogadores já foram informados da medida tomada pela nossa junta diretiva", informou o clube em comunicado oficial.

Barreto e Quero foram filmados realizando agressões criminosas a um gato. Em parte do vídeo, rodam o animal seguro apenas pelo rabo. Depois, um deles o lança pela janela do segundo andar de um prédio. As imagens foram divulgadas pela Associação para Defesa e Proteção dos Animais da Venezuela (Asodepa).

Não há informações se o gato sobreviveu, mas o Zulia prometeu tentar encontrá-lo. "Vamos esgotar os mecanismos para determinar se há tempo de fazer algo mais pelo ser vivo afetado nos atos cometidos pelos jogadores nomeados anteriormente."

Eduin Quero é zagueiro, tem 20 anos e foi um dos nomes que levaram a Venezuela ao histórico vice-campeonato do Mundial Sub-20 de 2017, na Coreia do Sul. Já David Barreto é atacante, também tem 20 anos, e chegou ao Zulia no início do ano, vindo do Atlético Venezuela.

"Vamos articular junto à Associação de Jogadores os entes dos atletas mencionados para que possam ser avaliados psicologicamente e realizar qualquer ação que os ajude a reconduzir este comportamento, apesar dos ditos jogadores não pertencerem mais a nosso clube", afirmou o Zulia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.