Times baianos pedem anulação na Série B

Com apoio da Federação Baiana de Futebol, Bahia e Vitória vão entrar com uma representação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pedindo apuração rigorosa doesquema de manipulação de resultados na Série B do Brasileiro e a anulação dos jogos em que for comprovada a fraude. No tapetão, os dois clubes tentam contornar o vexame que foi a queda dentro de campo para a terceira divisão do campeonato nacional.Uma mudança na tabela de classificação da Série B poderia beneficiar principalmente o Vitória. Afinal, as 4 partidas do campeonato que foram apitadas por Paulo José Danelon, réu confesso no escândalo da arbitragem, tiveram influência direta no rebaixamento do clube baiano. Os jogos em questão foram: Paulista 4 x 0 Guarani, Portuguesa 0 x 4 Ituano, Guarani 2 x 1 Santo André e Ituano 2 x 1 Marilia.Assim, caso sejam realizados novos jogos e o Paulista ou o Ituano não ganharem, o Vitória ultrapassaria um dos dois e escaparia do rebaixamento. O advogado do Vitória, Manoel Machado, acha, contudo, que a investigação pode descobrir a fabricação de resultados em partidas apitadas por outros árbitros, fora Paulo José Danelon. E ele cita como exemplo os da Federação Paranaense, onde também há suspeita de fraudes. "Todas as partidas de árbitros suspeitos deveriam ser anuladas", defendeu o advogado Manoel Machado, esperando que haja uma investigação e um julgamento justo pelo STJD. "E a partir daí, Bahia e Vitória obtenham o resultado que pretendem", declarou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.