Times mineiros fazem faxina nos elencos

Um dia depois de encerrarem suas participações no Campeonato Brasileiro, Atlético-MG e Cruzeiro anunciaram nesta segunda-feira verdadeiras ?faxinas? em seus elencos. No Atlético-MG, que acabou rebaixado para a Série B do Brasileirão do ano que vem, a diretoria e a comissão técnica decidiram não renovar os contratos dos atacantes Euller e Pablo Gimenez. Deixam o clube também o zagueiro Henrique, o volante Vinícius e o lateral-esquerdo Rubens Cardoso. A medida faz parte da reformulação total no grupo comandada pelo técnico Lori Sandri. Apenas dois atletas considerados mais experientes devem ser mantidos para a temporada 2006 - o atacante Marques e o zagueiro paraguaio Cáceres. A ?limpeza? no Atlético-MG já atingiu outros 10 jogadores, entre eles muitos ?medalhões?: o goleiro Danrlei, o zagueiro Marquinhos; os laterais Esquerdinha, George Lucas e Edílson; os volantes Walker e Amaral, e os atacantes Uéslei, Catanha e Luís Mário. O meia Rodrigo Fabri e o atacante Edson Araújo também não estão nos planos de Sandri. Eles já foram afastados do elenco, mas ainda não assinaram a rescisão. No Cruzeiro - que terminou melancolicamente o Brasileirão, com quatro derrotas consecutivas -, o volante Marabá, o meia Adriano e o zagueiro Marcelo Batatais integram a lista de dispensa anunciada nesta segunda. A diretoria celeste decidiu não renovar os contratos dos atletas, cujos contratos terminam no dia 31 de dezembro. Também estão fora dos planos do técnico Paulo César Gusmão, para a temporada de 2006, o zagueiro Leandro Eusébio e Argel, o lateral-esquerdo Patrick, o armador Lopes e o atacante Adriano Louzada. Eles têm contrato em vigor e se reapresentam na Toca da Raposa em janeiro, mas treinarão em separado. Por outro lado, o clube celeste anunciou que acertou a contratação do goleiro Juninho, de 24 anos, titular do Vitória (BA) nas últimas três temporadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.