Times pensam em título de capitalização

Os times brasileiros continuam buscando fórmulas alternativas de arrecadação. A nova idéia é um título de capitalização, nos moldes da Tele Sena - que tanto sucesso faz no SBT, comandado por Sílvio Santos.A idéia foi lançada por São Paulo e Flamengo e tem conseguido adesões de vários outros clubes. As idéias básicas estão alinhavadas. A venda seria feita por telefone, com cada time participante tendo um número específico.Ao adquirir o título ? cujo valor não deve ultrapassar cinco reais ? o torcedor participará de sorteios de vários prêmios. Haverá desde kits com uniformes completos até prêmios mais tentadores, como carros e eletrodomésticos.Passado um período ainda não definido, os torcedores terão direito de receber uma parte do que pagou pelo título. Ou, o que todos esperam, doar esse dinheiro que tem direito ao seu clube do coração.Além dos benefícios financeiros, os dirigentes que cuidam da implantação do projeto acreditam que haverá outro tipo de vantagem. O clube passará a ter um cadastro de torcedores, potenciais consumidores de novos produtos de marketing, que poderão ser lançados.Será possível também traçar um perfil detalhado do tipo de torcedor que cada time tem. A que classe social pertence e que tipo de produto gostaria de adquirir. A idéia é considerada um bom passo na luta contra a pirataria de produtos esportivos, vendidos livremente sem que os clubes ganhem com isso.Os dirigentes apostam no sucesso do título de capitalização até como uma compensação pela demora da aprovação da Timemania, a loteria que dará dinheiro aos clubes, mas que o governo ainda não conseguiu aprovar. E, que, com a crise política em Brasília, não tem uma previsão de instalação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.