Thomaz Jannuzzi/Novorizontino
Thomaz Jannuzzi/Novorizontino

Times pequenos contratam em peso para surpreender no Paulistão

Dispostos a desafiar o poderio dos grandes, clubes investem em atletas experientes para ter bons resultados

O Estado de S.Paulo

17 Janeiro 2018 | 07h00

Nos últimos 15 anos, apenas dois times conseguiram quebrar a hegemonia de Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Santos e conquistar o Campeonato Paulista: Ituano e São Caetano. Inspirados no exemplo deles, únicos dois clubes a conquistar a façanha desde 2002, as equipes pequenas investiram pesado para tentar surpreender. 

Campeonato Paulista começa nesta quarta com jeito de ‘laboratório’

Vice-campeã ano passado, a Ponte Preta encabeça a lista dos “pequenos” que sonham com o título. Apesar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro e, consequentemente, da queda de investimento, o time campineiro manteve o técnico Eduardo Baptista e contratou promessas do Corinthians como o volante Marciel e o atacante Gabriel Vasconcelos. Tiago Real, ex-Palmeiras, e Silvinho, ex-São Paulo, serão as apostas no setor de criação. 

Em seu terceiro ano na elite e com a Série D no calendário no segundo semestre, o Novorizontino trouxe jogadores experientes como o zagueiro Anderson Salles, campeão paulista com o Ituano em 2014, e o atacante Magno Alves, ex-Fluminense, de 42 anos. A equipe será comandada por Doriva. 

Vice-campeão do interior em 2017, o Santo André também foi buscar experiência. Entre os reforços estão o meio-campista Tinga, ex-Palmeiras e Ponte Preta, e o zagueiro Domingos, ex-Santos. O time do técnico Sérgio Soares tem ainda o volante Adriano, ex-Santos. 

Com os pés no chão, o Red Bull apostou no técnico Ricardo Catalá das categorias de base, mas foi ao mercado. Além do goleiro Júlio César, ex-Corinthians, a equipe campineira contratou os atacantes Ricardo Bueno, ex-Palmeiras, e Éder Luis, ex-São Paulo e Vasco, e o experiente zagueiro Tiago Alves, também ex-Palmeiras.

Equipes tradicionais apostaram na continuidade. O São Bento, por exemplo, manteve boa parte da base que conquistou o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. O Ituano segue a mesma linha. Com bastante jovens no elenco, o time em como principal novidade o retorno do goleiro Vagner, campeão paulista em 2014, que tem vínculo com o Palmeiras.

Confira o time-base das equipes pequenas do Estado:

 

RED BULL BRASIL - Júlio César; Nininho, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Maylson e Rodrigo Andrade; Eder Luis, Ricardo Bueno e Matheus Oliveira. Técnico: Ricardo Catalã.

 

BOTAFOGO - Tiago Cardoso; Diego Tavares, Naylhor, Plínio e Peri; Diones, Willian Oliveira e Danielzinho; Bruno Rocha, Wesley e Bruno Moraes. Técnico: Léo Condé.

 

SÃO BENTO - Rodrigo Viana; Régis, Luizão, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Diego, Celsinho e Everaldo; Anderson Cavalo e Lúcio Flávio. Técnico: Paulo Roberto Santos.

 

MIRASSOL - Fernando Leal; Bruno Oliveira, Edson Silva, Edimar e Willian Simões; Paulinho, Wellington Reis, Xuxa e Rodolfo; Zé Roberto e Douglas Baggio. Técnico: Moisés Egert.

 

SÃO CAETANO - Helton Leite; Alex Reinaldo, Sandoval, Max e Bruno Recife; Esley, Régis, Vinícius Kiss e Chiquinho; Carlão e Rafael Costa. Técnico: Luis Carlos Martins.

 

BRAGANTINO - Alex Alves; Diego Macedo, Guilherme Mattis, Lázaro e Fabiano; Adenilson e Evandro; Léo Jaime, Vitinho e Gerley; Rafael Silva.  Técnico: Marcelo Veiga.

 

ITUANO - Vagner; Ivan, Alisson, Léo e Raul; Corrêa, Guilherme, Juninho, Giba e Claudinho; Ronaldo. Técnico: Vinícius Bergantin.

 

PONTE PRETA - Ivan; Reinaldo, Wesley Matos, Renan Fonseca e Jeferson; Marciel, Ronaldo, Léo Artur e Tiago Real; Silvinho e Gabriel Vasconcelos. Técnico: Eduardo Baptista.

 

LINENSE - Victor Golas; Reginaldo, Leandro Silva, Adalberto e Eduardo; Marcão, Maycon, Danielzinho e Thiago Humberto; Juninho e Wilson. Técnico: Moacir Júnior.

 

SANTO ANDRÉ - Alex; Jonathan Bocão, Domingos, Suéliton e Paulinho; Adriano, Tinga, Dudu Vieira e Aloísio; Lincom e Hugo Cabral. Técnico: Sérgio Soares.

 

FERROVIÁRIA - Tadeu; Velicka, Bruno Silva, Luan e Diogo Matheus; Elton, Íkaro e Elvis; Misael, Weliton Júnior e Caio Mancha. Técnico: PC de Oliveira.

 

NOVORIZONTINO - Tom; Tony, Anderson Salles, Fábio Ferreira e Thallyson; Jonatan Lima, Lucas, Cléo Silva e Jean Carlos; Magno Alves e Alisson Safira. Técnico: Doriva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.