Divulgação/Barcelona
Divulgação/Barcelona

Times voltam a fazer treinos coletivos e sem restrições na Espanha

Campeonato Espanhol retorna no dia 11 de junho, com o clássico entre Sevilla e Betis

Redação, Estadão Conteúdo

01 de junho de 2020 | 10h49

Os clubes espanhóis retomaram os treinamentos em grupo nesta segunda-feira, começando a fase final dos preparativos para o retorno do campeonato nacional. Os clubes terão pouco menos de duas semanas de atividades coletivas antes de a liga recomeçar em 11 de junho, quase três meses depois ser interrompida por causa do pandemia do coronavírus.

Até o último fim de semana, os treinos só eram permitidos com grupos de até 14 jogadores. Os times haviam iniciado atividades individuais há algumas semanas e vinham aumentando gradualmente a carga de trabalho.

Nesta segunda-feira, o Barcelona mostrou uma imagem do técnico Quique Setien cercado pelo elenco durante o treinamento, junto com a mensagem "juntos de novo", e uma vídeo de Lionel Messi marcando um gol. Real Madrid e Atlético de Madrid também mostraram seus jogadores treinando em grupos.

A retomada das atividades sem restrições ocorreram um dia após a liga confirmar as datas e horários das duas primeiras rodadas de jogos do Campeonato Espanhol após sua suspensão em meados de março. O primeiro jogo será o clássico entre Sevilla e Betis em 11 de junho.

Outro duelo regional, Valencia x Levante será disputado no dia 12. O líder Barcelona vai encarar o Mallorca, fora de casa, no dia 13, com o Atlético visitando o Athetic Bilbao no dia 14, mesma data em que o Real Madrid receberá o Eibar.

Como todos os jogos restantes da liga provavelmente serão disputados sem torcedores, o Real Madrid decidiu sediar suas partidas no Estádio Alfredo Di Stefano, no CT da equipe, permitindo assim que prossigam as reformas do Santiago Bernabéu. O time está a dois pontos do líder Barcelona com duas rodadas para o fim. Espera-se que partidas sejam disputadas todos os dias até que a competição termine em 19 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.