Tinga quer vitória para manter Inter de 'cabeça erguida'

Frustrado com a derrota nas semifinais, o volante Tinga cobrou uma vitória na disputa do terceiro lugar do Mundial de Clubes, no sábado, para manter o Internacional de "cabeça erguida" neste final de temporada.

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2010 | 16h48

"Temos um compromisso com nós mesmos nesta partida. Agora precisamos dar o melhor para sair de cabeça erguida", afirmou o jogador, decepcionado com o revés diante do desconhecido Mazembe, da República Democrática do Congo.

"Pela grandeza do Inter, é claro que deveríamos estar na final, mas não conseguimos, afinal, os outros times que aqui estão, também foram campeões dos seus continentes e tinham chances de disputar o título", comentou.

O Inter volta aos gramados neste sábado, às 12 horas (horário de Brasília) para disputar o terceiro lugar do Mundial de Clubes, contra o Seongnam, da Coreia do Sul, em Abu Dabi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.