Tirone não descarta efetivar Narciso no Palmeiras

Dirigente vai conceder entrevista coletiva nesta sexta-feira para explicar a situação da equipe

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

14 de setembro de 2012 | 15h12

SÃO PAULO - Desde que demitiu o técnico Luiz Felipe Scolari, o presidente Arnaldo Tirone tem conversado com muita gente para achar um treinador para o Palmeiras. A falta de opção faz o cartola cogitar a possibilidade de efetivar Narciso no comando da equipe pelo menos até o fim da temporada.

"É uma possibilidade (efetivar o Narciso). Vamos ver o que acontece domingo. Não dá para descartar nada agora", disse o dirigente, em rápida conversa com Estado. "Estou indo para a Academia nesse momento. Vou dar uma entrevista ainda nesta sexta-feira para explicar os motivos da saída do Felipão e sobre o futuro do Palmeirasa", avisou.

O Palmeiras tentou a contratação de Emerson Leão e depois a de Jorginho, mas ambos são bem difíceis de aceitar o convite. São Caetano e Bahia, respectivamente, não aceitam liberar seus treinadores, pedem até para que não insistam. Até por isso, caso decida não efetivar Narciso, Tirone pode ir atrás de algum técnico desempregado, já que seria mais barato e mais fácil de conseguir a contratação. Cristóvão Borges, Renato Gaúcho, Caio Júnior e Joel Santana são alguns dos treinadores sem clubes comentados no Palmeiras, mas todos estão longe de ser unanimidades entre os dirigentes.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasBrasileirãoFelipãoNarciso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.