Tiroteio fere 4 pessoas antes de jogo em Goianinha (RN)

Segundo a Polícia Militar, incidente não foi causado por rixa de torcidas

Agência Estado

26 de outubro de 2013 | 19h45

NATAL - Um tiroteio na entrada do estádio Nazarenão, em Goianinha (RN), pouco antes da partida entre América-RN e Ceará, neste sábado, pela 31.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, terminou com quatro torcedores do time de Natal baleados. Dois deles na canela, outro no pé e um último na coxa. O incidente, segundo o capitão Fábio Sandrine, comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, não foi motivado pela rixa entre as duas torcidas. Os autores dos disparos atiraram de dentro de três carros - um Chevrolet Classic, uma caminhonete preta e um Volkswagen Fox preto - e fugiram em direção à Paraíba.

Dentro do estádio, ainda antes de o jogo começar, nova confusão, desta vez entre as torcidas do América-RN e do Ceará. Eles entraram em confronto, que só terminou com intervenção da PM. Foram usadas balas de borracha e spray de pimenta para apaziguar os ânimos. "Usamos spray de pimenta e também armas não letais", explicou o capitão Fábio Sandrine. "Tem torcedor ferido com bala de verdade e torcedor ferido com bala não letal. Eles foram socorridos ao hospital, mas não correm risco". Ao todo, 20 torcedores que participaram da briga dentro do estádio, em sua maioria do Ceará, foram detidos e conduzidos à delegacia da cidade. O América-RN venceu o jogo por 1 a 0.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAmérica-RNCeará

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.