Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Tite admite que Brasil é um dos favoritos ao título da Copa do Mundo

'Não é fingir, ser falso humilde ou arrogante. É encarar uma verdade que está aí', diz o treinador

Almir Leite, Fábio Grellet e Marcio Dolzan / RIO, Estadão Conteúdo

14 Maio 2018 | 15h14

Após anunciar a lista de 23 convocados da seleção brasileira para a Copa do Mundo, o técnico Tite não se fez de rogado e afirmou que o Brasil é um dos favoritos a conquistar o Mundial da Rússia. Na avaliação do treinador, o futebol apresentado pela seleção nos dois últimos anos a coloca como uma das melhores na atualidade.

+ Com Taison e Geromel, Tite Convoca lista final da Copa do Mundo da Rússia

+ Tite diz que lista dos convocados foi definida meia hora antes do anúncio

+ Comissão técnica garante Neymar em alto nível para a Copa

+ Raio-X -  Conheça as seleções da Copa da Rússia

+ Confira tabela da Copa do Mundo da Rússia

+ O Estadão mostra os grandes craques que vão disputar a Copa do Mundo

"Na minha opinião, o Brasil é um dos favoritos, sim. Pelo futebol, pela consistência. É uma equipe agressiva, que faz gol", considerou Tite. "Não é fingir, ser falso humilde ou arrogante. É encarar uma verdade que está aí."

Tite declarou que a intenção a partir de agora é "fazer o melhor trabalho". "Claro que a equipe vai objetivar o título, mas vai ter que conquistar. O objetivo inicial é desempenho, mas claro que tem o resultado. Agora, ele é sonho."

Ele afirmou também que está preparado para ouvir críticas a sua lista de convocados. Segundo o técnico, as escolhas foram feitas a partir de objetivos e ponderações feitas pela comissão técnica para um determinado estilo de jogo.

"Outros técnicos teriam outras listas. Eu não quero ser consenso. É preciso entender qual é a ideia do técnico. Concordar ou não vai de cada um. Alguém pode dizer 'eu quero um time mais alto, mais forte, por isso ou por aquilo'. Outra pessoa terá outra preferência", argumentou.

LATERAIS  

Também presente na entrevista coletiva, o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, garantiu que Filipe Luís, do Atlético de Madrid, já está completamente recuperado. Ele será o reserva de Marcelo na lateral esquerda.

Quanto à Fagner, uma das opções para a lateral direita, Lasmar admitiu que o jogador do Corinthians ainda não está em condições ideais agora. "Ele tem tempo mais que suficiente para que se recupere", declarou o médico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.