FRANCK FIFE / AFP
FRANCK FIFE / AFP

Tite aprova grupo do Brasil e vibra com estreia 'mais tarde' na Copa do Mundo

Seleção enfrentará Sérvia, Suíça e Camarões na primeira fase da competição e iniciará seu caminho pelo título no último dia da primeira rodada, dia 24 de novembro

Marcio Dolzan / RIO, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2022 | 16h13

A comissão técnica da seleção brasileira ficou satisfeita com o sorteio dos grupos para a Copa do Mundo do Catar, que colocou Sérvia, Suíça e Camarões no caminho do Brasil na primeira fase. Com um único jogo diante de europeus no atual ciclo, Tite terá na fase de grupos duas seleções daquele continente que precisou encarar no Mundial de 2018 - e, portanto, já com algum conhecimento. De quebra, o Brasil fará sua estreia apenas no último dia reservado para a primeira rodada, o que dará mais tempo para treinamentos. O time estreia dia 24 de novembro.

"Expectativa, mas novidade não é, em termos de nomes. Claro, com um acompanhamento maior e o objetivo na seleção brasileira", disse o técnico logo após o sorteio, em entrevista ao SporTV. "Se pegar os resultados, a eliminação da Itália e de Portugal, com Suíça e Sérvia, traz (um alerta), e também a equipe de Camarões, que é muito forte na escola africana."

A "eliminação" a que Tite se refere diz respeito às Eliminatórias Europeias. A Itália perdeu a vaga direta no grupo que classificou a Suíça, enquanto Portugal foi superado pela Sérvia. Os portugueses acabariam buscando a classificação na repescagem, enquanto os italianos ficaram pelo caminho, fora da competição.

"Assisti ao jogo da Suíça, foi um jogo logo depois do nosso nas Eliminatórias. Era o jogo contra a Itália, fez 1 a 0 no início, teve perto de fazer 2 a 0, mas levou o empate. Jogo de nível mundial, alto, também precisa ser alto nível o nosso. Tudo igual. Só faltou a Costa Rica", considerou Tite, lembrando do único adversário que acabou não sendo repetido da Copa de 2018.

Naquele ano, o Brasil estreou diante da Suíça e sofreu para empatar por 1 a 1. O resultado fez com que a seleção fosse para a rodada derradeira, diante da Sérvia, correndo o risco de ficar fora dos play-offs. Aquela jornada foi assimilada pela comissão técnica. "A equipe tem de iniciar bem. A gente já tem essa experiência, (de ter) de iniciar bem, ter um nível de desempenho desde o primeiro jogo, para projetar e crescer na competição", disse Tite, que ainda vibrou pelo fato de o Brasil ser uma das últimas seleções a estrear na Copa do Mundo do Catar. "Qualquer tempo que possa ter, de contato com os atletas, de treinamento, é uma vantagem."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.