Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Tite celebra boa atuação de suas apostas no Corinthians

André, Alan Mineiro e Lucca marcaram gols neste sábado

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

16 de abril de 2016 | 20h11

O técnico Tite ficou duplamente satisfeito com a goleada do Corinthians por 4 a 0 sobre o Red Bull Brasil, neste sábado, no Itaquerão. Além do placar dilatado e da vaga para a semifinal do Paulista, o treinador ainda pode festejar o fato de três apostas suas terem se destacado, casos de André, Alan Mineiro e Lucca. O trio marcou um gol cada e Giovanni Augusto completou a lista dos goleadores da partida.

Para o comandante corintiano, o trio ter dado uma resposta em campo é sinal de que muitas vezes é preciso dar tempo para as coisas darem certo. "Se não tivessem me dado tempo para errar e ficassem trocando de técnico, nada teria acontecido. Se eu, quando era atleta, não tivesse o direito de jogar mal alguma vez, eu perdia a tranquilidade. Tem que ter, no mínimo, uns três ou quatro jogos, dependendo da situação, para o jogador mostrar", disse o treinador, que prevê ainda mais disputas em algumas posições.

"O Romero compete com o Lucca, mas está chegando o Rildo e o Marlone está de volta. A gente precisa ter um grupo forte e eles entendem que o técnico os respeitam e isso fica mais fácil. Tento ser justo, mas também vou errar algumas vezes", explicou.

O fato de jogar em casa também é algo que Tite entende fazer a diferença. Mais uma vez, a torcida do Corinthians fez uma grande festa e apoiou o time do início ao fim do jogo. "A arena traz um atmosfera do caramba, mas também traz um peso para uma equipe que não está madura. A gente tem que trazer uns artifícios para aumentar a maturidade. A expectativa em cima da nossa equipe em casa é alta e isso pode virar um peso", ponderou.

O Corinthians se reapresenta na manhã deste domingo e já começa a focar as atenções na partida contra o Cobresal, quarta-feira, no Itaquerão. Embora já esteja classificado para as oitavas de final da Libertadores, Tite já avisou que deve escalar força máxima diante dos chilenos, já que a intenção é acabar entre os melhores primeiros colocados para ter vantagem na próxima fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.