Tiago Leme/Estadão
Tiago Leme/Estadão

Tite confirma presença em PSG x Real, Tottenham x Juventus e em treino do Chelsea

Treinador viajou junto com o auxiliar Sylvinho e, desde sábado, faz um giro por Inglaterra e França

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

05 Março 2018 | 14h14

O técnico Tite está aproveitando os dez dias extras que pediu para anunciar a lista de convocados para os amistosos diante de Rússia e Alemanha, no próximo mês, para avaliar jogadores na Europa. O treinador viajou junto com o auxiliar Sylvinho e, desde sábado, faz um giro por Inglaterra e França. Até quarta-feira, a dupla assistirá in loco a três partidas.

+ Daniel Alves diz que PSG não pode relaxar contra o Real e cobra empenho por vaga

No domingo, a dupla acompanhou a vitória por 1 a 0 do Manchester City sobre o Chelsea, jogo que reuniu pelo menos quatro jogadores da seleção - Ederson, Danilo Silva e Gabriel Jesus, do City, e Willian, do Chelsea.

Nesta terça, Tite e Sylvinho estarão em Paris para ver o jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões entre Paris Saint-Germain e Real Madrid. O Real deverá estar completo, com os brasileiros Marcelo e Casemiro. Já o PSG, que não deverá mais contar com Neymar na temporada, terá Marquinhos e Dani Alves - o outro brasileiro selecionável, Thiago Silva, deverá ficar no banco por opção do técnico Unai Emery.

Na quarta-feira, Tite estará de volta a Londres para ver outro jogo das oitavas da Liga dos Campeões, entre Tottenham e Juventus. Alex Sandro e Douglas Costa, da Juve, e Lucas Moura, no time inglês, serão avaliados. O giro pela Europa termina na quinta, quando a comissão técnica da seleção acompanhará um treino do Chelsea.

Essa programação da comissão técnica do time nacional em solo europeu foi confirmada oficialmente pela CBF nesta segunda-feira.

A convocação para os dois amistosos em março, os últimos antes da definição do grupo que irá à Copa do Mundo, estava marcada para a última sexta, mas Tite adiou para a próxima segunda, dia 12, em virtude do elevado número de jogadores que estavam lesionados ou voltando de lesão - eram pelo menos cinco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.