Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Tite confirma titulares contra o San Lorenzo pela Libertadores

Apesar de vaga encaminhada, treinador não pensa no Palmeiras

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

15 de abril de 2015 | 18h42

Tite revelou nesta quarta-feira que a decisão de tratar o jogo contra o San Lorenzo, pela Copa Libertadores, quinta-feira, no Itaquerão, como prioridade para o Corinthians foi tomada após reunião com a diretoria e fisiologistas. Com a medida, o time alvinegro vai deixar a semifinal do Campeonato Paulista, diante do Palmeiras, em segundo plano. 

"Direção, técnico, dirigentes e fisiologista precisam fazer o que é importante para o clube. O que é mais importante para o Corinthians? Buscar a classificação na quinta-feira. Depois? Depois conversamos de novo", disse o treinador.

Os únicos titulares que não estarão em campo são Guerrero (com dengue) e Fábio Santos (se recuperando de cirurgia). Como o tempo de recuperação até domingo é considerado insuficiente, é certo que alguns atletas que enfrentarão o San Lorenzo vão ganhar descanso contra o Palmeiras. "Sabemos que estamos num momento decisivo, o jogo está marcado para domingo. Não gosto de usar o termo ''troca o chip'', mas estamos num momento decisivo de busca de classificação na Libertadores", explicou Tite.

O Corinthians precisa de um apenas um empate para se classificar para as oitavas de final da Libertadores sem depender dos outros resultados, mas o treinador faz questão de somar a maior quantidade de pontos possível. "O futebol não dá nada, temos de conquistar pelo nosso trabalho. A vaga está encaminhada? Está. Está decidida? Não", disse.

O objetivo de Tite é enfrentar um adversário teoricamente mais fraco e ter a vantagem de sempre fazer o segundo jogo em casa até a final caso o time avance até a decisão. "A vantagem não determina se você vai passar, mas qualquer vantagem é melhor. A gente luta para ter essas vantagens. Não são determinantes, mas vamos trazer para nós. Essa é a ideia."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansTite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.