Reuters
Reuters

Tite convoca Diego Carlos e Felipe para defender a seleção brasileira contra Venezuela e Uruguai

Jogadores foram chamados para os lugares de Rodrigo Caio e Éder Militão, ambos fora por problemas médicos

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de novembro de 2020 | 08h52
Atualizado 10 de novembro de 2020 | 16h09

A seleção brasileira tem mais duas mudanças de sua lista de convocação original para as partidas deste mês contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Nesta terça-feira, a CBF anunciou que os zagueiros Rodrigo Caio, do Flamengo, e Éder Militão, do Real Madrid, foram cortados, sendo substituídos pelo técnico Tite por Felipe, do Atlético de Madrid, e por Diego Carlos, do Sevilla, este chamado pela primeira vez na carreira.

A seleção brasileira tem mais duas mudanças de sua lista de convocação original para as partidas deste mês contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Nesta terça-feira, a CBF anunciou que os zagueiros Rodrigo Caio, do Flamengo, e Éder Militão, do Real Madrid, foram cortados, sendo substituídos pelo técnico Tite por Felipe, do Atlético de Madrid, e por Diego Carlos, do Sevilla, este chamado pela primeira vez na carreira.

Rodrigo Caio foi diagnosticado com uma lesão na panturrilha direita, enquanto que Éder Militão testou positivo para a covid-19 - este atuou no final de semana pelo Real Madrid contra o Huesca, pelo Campeonato Espanhol, e foi diagnosticado com a doença nesta segunda-feira. Ambos, segundo a CBF, não terão tempo suficiente de recuperação para a participação nos treinamentos e nos jogos da próxima data Fifa.

Tite já havia promovido outras duas alterações na lista original de convocados. O meia Philippe Coutinho, do Barcelona, e o volante Fabinho, do Liverpool, lesionados, tiveram as suas vagas preenchidas por Lucas Paquetá, hoje no Lyon, e Allan, do Everton.

A seleção brasileira inicia a sua preparação na próxima segunda-feira na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Pela terceira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que será no Catar, receberá a Venezuela no estádio do Morumbi, em São Paulo, no dia 13, e fará o último jogo do ano em Montevidéu contra o Uruguai, quatro dias depois. O Brasil lidera as Eliminatórias com duas vitórias em dois jogos - 5 a 0 sobre a Bolívia, em São Paulo, e 4 a 2 diante do Peru, em Lima.

Veja a lista atualizada dos convocados:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras)

Laterais: Alex Telles (Manchester United), Danilo (Juventus), Gabriel Menino (Palmeiras) e Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Zagueiros: Diego Carlos (Sevilla), Felipe (Atlético de Madrid), Marquinhos (Paris Saint-Germain) e Thiago Silva (Chelsea)

Meio-campistas: Allan (Everton), Arthur (Juventus), Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo) e Lucas Paquetá (Lyon)

Atacantes: Everton (Benfica), Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar Jr. (Paris Saint-Germain), Richarlison (Everton) e Vinicius Jr. (Real Madrid)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.