Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Tite convoca Matheus Cunha, do Hertha Berlin, para a vaga de Gabriel Jesus na seleção

Atacante do Manchester City foi cortado por causa de uma lesão e treinador chama o jogador do Hertha Berlin

Redação, Estadão Conteúdo

25 de setembro de 2020 | 14h27

O técnico Tite convocou, nesta sexta-feira, o atacante Matheus Cunha, do Hertha Berlin, para os dois primeiros jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar. O jogador, de 21 anos, vai ficar com a vaga de Gabriel Jesus, do Manchester City, cortado por causa de lesão.

Rodrigo Lasmar, médico da seleção, foi comunicado pela comissão técnica do Manchester City na quarta-feira que uma lesão havia sido diagnosticada no ex-jogador do Palmeiras após o jogo de segunda-feira, contra o Wolverhampton, pelo Campeonato Inglês, quando o jogador fez o terceiro gol, aos 50 minutos do segundo tempo.

Matheus Cunha é convocado pela primeira vez por Tite. Com histórico nas categorias de base da seleção, o atacante foi o artilheiro do Pré-Olímpico que classificou o Brasil para os jogos de Tóquio em janeiro deste ano, com cinco gols em sete partidas. Pelo ciclo olímpico, nos 16 jogos com a seleção sub-23, foram 14 gols.

Paraibano de João Pessoa, Matheus Cunha começou no futsal e logo se mudou para o Recife, onde defendeu o CT Barão. No Coritiba, defendeu o time sub-15 do clube paranaense e foi para a Europa em 2017 jogar no Sion, da Suíça. Em três anos, passou por três clubes. No Sion, marcou dez gols e deu oito assistências em 32 jogos. Em 2018, foi para o Red Bull Leipzig, da Alemanha. Lá, disputou 52 jogos e chegou a ser indicado ao Prêmio Puskas, dado pela Fifa ao autor do gol mais bonito da temporada, em 2019. Em uma partida contra o Bayer Leverkusen, ele girou em cima do marcador e bateu de cobertura para sacramentar a vitória por 4 a 2.

O garoto, no entanto, perdeu espaço no Leipzig. Se havia atuado em 25 jogos do Campeonato Alemão na temporada passada, esse número caiu para apenas dez partidas na atual, a maioria saindo do banco. Mesmo assim, no último dia 31 de janeiro, no fechamento da janela de transferências, Matheus Cunha foi comprado pelo Hertha Berlim por 18 milhões de euros (R$ 84,9 milhões).

A seleção se apresenta para os treinamentos em 5 de outubro, na Granja Comary, em Teresópolis. No dia 9, enfrenta a Bolívia na Neo Química Arena, em São Paulo, e no dia 13 joga contra o Peru, em Lima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.