Sergio Moraes/Reuters
Sergio Moraes/Reuters

Tite convoca seleção brasileira sem Neymar e jogadores do Flamengo

Técnico não chama nenhum atleta que atua no futebol brasileiro

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2019 | 11h13
Atualizado 25 de outubro de 2019 | 16h36

Sem a presença de Neymar e de jogadores do Flamengo e também de outros clubes do País, o técnico Tite anunciou nesta sexta-feira a convocação de 23 atletas para os amistosos da seleção brasileira contra a Argentina, em Riad, Arábia Saudita, e diante da Coreia do Sul, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes, nos dias 15 e 19 de novembro, respectivamente. Ele inclui na relação vários novatos, como o atacante Rodrygo, o lateral Emerson e o meio-campista Douglas LuizConfira como foi a convocação e a entrevista do treinador

Esses serão os últimos compromissos da equipe antes do início das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O torneio classificatório começa em março do ano que vem. Até por isso, Tite aproveitou para apresentar uma lista com novidades. Ele chamou, por exemplo, um goleiro novato, Daniel Fuzato, da Roma e ex-Palmeiras. Para a posição, ele também pôde voltar a convocar Alisson, recém-recuperado de lesão sofrida no Liverpool.

Nas laterais, além de Emerson, o treinador também resolveu apostar em Renan Lodi, um dos destaques do Atlético de Madrid. Os dois estiveram presentes em listas recentes de André Jardine para a seleção pré-olímpica. Douglas Luiz, do Aston Villa e também com idade para participar de Tóquio-2020, se o Brasil se classificar aos Jogos de 2020, foi a principal novidade na relação de meio-campistas.

A lista não conta com Neymar, ainda em fase de recuperação de lesão grau 2 na coxa esquerda. Ele sofreu a contusão em amistoso do Brasil, contra a Nigéria. Isso abriu espaço para Tite apostar em Rodrygo, hoje conquistando seu espaço no Real Madrid. Ao mesmo tempo, porém, lembrou do experiente Willian, de 31 anos. O zagueiro Felipe foi outro jogador presente na relação e que não tinha sido chamado para os jogos anteriores.

Tite optou por não convocar jogadores do Flamengo em função da proximidade da decisão da Copa Libertadores, marcada para 23 de novembro, contra o River Plate, no Chile. Um chamado poderia atrapalhar a condição física dos atletas convocados para a final continental. O clube carioca também havia solicitado que nenhum nome do seu elenco fosse incluído na relação, embora tenha assegurado que o documento não chegou às suas mãos.

Além disso, nenhum jogador de qualquer outro clube do País foi convocado. Assim, a seleção principal não vai desfalcá-los, sendo que o Campeonato Brasileiro não será paralisado, com as partidas da 33ª rodada da competição ocorrendo nos dias 16, 17 e 18 de novembro.

A seleção ainda não venceu após a conquista da Copa América. O Brasil empatou contra Colômbia, Senegal e Nigéria e perdeu para o Peru. Assim, tentará encerrar o jejum diante de Argentina e Coreia.

CONFIRA A CONVOCAÇÃO

  • Goleiros - Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Daniel Fuzato (Roma).
  • Laterais - Danilo (Juventus), Emerson (Betis), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid).
  • Zagueiros - Eder Militão (Real Madrid), Felipe (Atlético de Madrid), Marquinhos (Paris Saint-Germain) e Thiago Silva (Paris Saint-Germain).
  • Meio-campistas - Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (Milan), Douglas Luiz (Aston Villa) e Philippe Coutinho (Bayern de Munique).
  • Atacantes - David Neres (Ajax), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Richarlison (Everton), Rodrygo (Real Madrid) e Willian (Chelsea).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.