Wilton Júnior / Estadão Conteúdo
Wilton Júnior / Estadão Conteúdo

Tite convocará seleção para a Copa do Mundo em 14 de maio

Jogadores se apresentam em 21 de maio para iniciar período de treinos antes da competição

Estadão Conteúdo

06 de abril de 2018 | 11h54

A CBF comunicou nesta sexta-feira que a seleção brasileira será convocada para a disputa da Copa do Mundo em 14 de maio. A divulgação da lista de 23 jogadores chamados pelo técnico Tite será realizada na sede da confederação, na Barra da Tijuca, no Rio, a partir das 14 horas.

+ Após nova fase de vendas, Fifa revela 1,7 milhão de ingressos vendidos da Copa

+ América do Sul cresce na reta final para a Copa

+ Fifa divulga lista de árbitros da Copa e confirma trio liderado por Sandro Ricci

A data deixa o treinador com seis finais de semana disponíveis para observar jogadores antes de fechar os últimos nomes da lista de convocados do Brasil para o torneio na Rússia. O treinador já dá a maior parte dos nomes como certa, mas ainda há indefinições que poderão ser sanadas com a observação dos compromissos nacionais e internacionais desse período.

A apresentação dos jogadores convocados para a Copa do Mundo está agendada para 21 de maio, em Teresópolis (RJ), na Granja Comary, onde serão realizados os primeiros treinamentos. Há a possibilidade de o grupo ainda não estar completo em razão da final da Liga dos Campeões da Europa, que será disputada em 26 de maio, em Kiev.

De Teresópolis, onde ficará até o dia 27, a seleção brasileira seguirá para Londres, palco da maior parte da sua preparação para a Copa. Antes de chegar à Rússia, a equipe ainda fará dois amistosos, em 3 de junho, contra a Croácia, e no dia 10, contra a Áustria, em Viena.

Depois desse último amistoso, a seleção embarca para Sochi, que será a sua base durante o período de disputa da Copa do Mundo. E a sua estreia no torneio ocorrerá em 17 de junho, diante da Suíça, em Rostov.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.