Tite destaca equilíbrio emocional do Corinthians

O técnico Tite disse que o Corinthians teve equilíbrio emocional e futebol para virar o jogo contra o Grêmio neste domingo, no Olímpico. Ao analisar a vitória por 2 a 1 sobre o rival gaúcho, o treinador lembrou que o grupo corintiano superou situações adversas. Derrotado pelo Santos na final do último Paulistão, a equipe saiu atrás no placar na estreia no Brasileirão e, apesar de pressão, soube reagir. "O time ganhou porque teve equilíbrio emocional e foi melhor no segundo tempo, entrando no campo adversário com triangulações", avaliou.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 20h30

Questionado sobre a atuação de Liedson, que estava passando por um jejum de gols e foi decisivo contra o Grêmio, Tite lembrou que o atacante "talvez tenha a melhor média de gols do futebol brasileiro, considerando o número de jogos e de gols" e elogiou o artilheiro afirmando que "ele tem uma função importante" por sua velocidade e pelos seus lances pessoais que acabam decidindo partidas.

Mesmo admitindo que continua com a necessidade de reforçar o elenco, Tite não quis transferir a obrigação de vencer para o início de agosto, quando o clube poderá contar com os seus novos contratados. "Eu penso na realidade, no hoje", explicou. "Se eu sonhar lá na frente e não fizer o trabalho agora, esse sonho vira ilusão, pode esquecer, futebol não é assim".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.