Tite deve escalar Gil como armador

Um dia de festa no Corinthians. Tudo era motivo para comemoração após a convincente vitória por 3 a 1 sobre o Rio Branco, na quinta-feira. A única preocupação, porém, é com mais uma mudança que o técnico Tite terá que fazer no time titular, agora para o clássico contra o Santos, no domingo. Com a sentida ausência de Carlos Alberto, Tite deve improvisar, afinal não tem armadores à altura entre os reservas. A opção mais provável para a posição vaga no meio-de-campo é o atacante Gil. O jogador estava contundido, mas já está liberado. "Ainda vou avaliá-lo, porém, sei que ele pode fazer essa função, um pouco mais recuado", adiantou o treinador.Gil não só está confiante na vitória no domingo como deu palpite em relação ao local onde deveria ser a partida. "Para mim, esse jogo deveria ser disputado no Morumbi (e não na Vila Belmiro), para dar espaço e conforto para as duas torcidas", opinou.De volta de seu passeio a Hong Kong, onde esteve com a seleção brasileira, o zagueiro Anderson é outro que certamente retorna ao time.Marinho, apesar da boa atuação em sua estréia como titular, deve perder lugar. "Mas não descarto usar três zagueiros novamente, vou pensar melhor até o momento da partida", fez a ressalva Tite.O novo xodó - Certa mesmo é a manutenção do meia Dinelson na posição. O jogador, ao lado do atacante Carlos Tevez, foi a grande estrela do Corinthians anteontem. Mas parece meio espantado com o assédio. Seus olhos brilham, gagueja ao dar entrevista. "Tudo o que acontece aqui ganha uma projeção enorme. Estou feliz, realizando o sonho da minha vida e espero não decepcionar essa torcida." Dinelson deverá ser o principal armador corintiano. O que não o assusta, garante. "Se o Tite quiser mais uma vez que eu jogue, vou fazer o melhor, não existe motivo para ter medo do Santos e acho que vamos fazer outra grande partida."

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2005 | 19h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.