Tite entusiasmado com São Caetano

Há apenas três jogos no comando do São Caetano, os olhos do técnico Tite brilham quando fala de seu novo time. Ele está vibrando em cada momento, a cada treino, como se tivesse começando a carreira. Mas não faz questão de esconder sua confiança em atingir o objetivo traçado pela diretoria: terminar o Campeonato Brasileiro entre os três primeiros colocados para garantir uma vaga na próxima Copa Libertadores da América. Para o técnico se trata de um desafio para o clube e também para ele próprio. Nos seus planos para o time estão a manutenção da mesma performance defensiva e uma acentuada melhora no poder ofensivo. "Se temos a melhor defesa da competição (com 21 gols) então é preciso tirar proveito disso", cita Tite, que também aposta numa melhora do ataque. Para tanto, vai intensificar nos treinamentos táticos o posicionamento em campo, além de insistir nos lances de bolas paradas - faltas e escanteios. O primeiro objetivo, agora, é não desperdiçar a chance de receber o Fortaleza, domingo, no ABC, para somar mais três pontos. Por enquanto, o Azulão está em oitavo lugar, com 38 pontos, portanto, com dez a menos do que os líderes Cruzeiro e Santos. Para o próximo jogo, o zagueiro Gustavo, após cumprir suspensão, deve voltar no lugar de Thiago. O volante Fábio Santos é a única baixa, uma vez que ainda não está totalmente recuperado de um entorse no tornozelo. Mas ele vinha sendo reserva de Marcelo Mattos. Talvez esteja aí a grande diferença em relação ao ex-técnico Mário Sérgio, que insistia em promover várias mudanças no time a cada jogo. A atuação de Nelsinho Baptista pelo clube foi efêmera, porque ele só dirigiu o time duas vezes no Brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.