José Patrício/AE
José Patrício/AE

Tite escala Guerrero e Romarinho no ataque do Corinthians no clássico

Peruano entra no lugar de Martínez contra o Santos, neste domingo

FÁBIO HECICO, Agência Estado

18 de agosto de 2012 | 18h56

SÃO PAULO - O peruano Paolo Guerrero será titular do Corinthians no clássico diante do Santos, neste domingo, na Vila Belmiro, pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele venceu a briga por uma vaga no ataque com Martínez e formará a dupla ofensiva com Romarinho, que também foi confirmado pelo técnico Tite.

Contra o Internacional, na última quinta, Martínez foi titular ao lado de Adilson, já que Romarinho (suspenso) e Guerrero (na seleção peruana) não tinham condições de jogo. Com os titulares realizando apenas um trabalho físico na sexta, a definição da escalação ficou para o treino deste sábado.

Romarinho já vinha sendo titular da equipe, mas a outra vaga no ataque foi aberta com a lesão de Jorge Henrique. Desta forma, Guerrero atuará pela segunda vez como titular do Corinthians, sendo que a primeira foi diante do Atlético-GO, no último dia 8. Ele ainda busca seu primeiro gol pelo clube.

Quem também ganhou a titularidade para o clássico foi o lateral-direito Guilherme Andrade. Ele se aproveitou da suspensão de Alessandro, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Inter, para ganhar a vaga. Welder e Edenilson, que apareceriam antes como opções do técnico Tite, seguem afastados por lesão.

Guilherme foi contratado há três meses pelo Corinthians junto à Ponte Preta, após um bom Campeonato Paulista, mas chegou ao clube sem muito alarde. Ele já ficou no banco em algumas oportunidades, mas esta será a primeira vez que entrará em campo.

Como ele terá a incumbência de marcar Neymar, que costuma cair pelo lado direito da defesa adversária, Tite fez um trabalho especial no treino deste sábado. O treinador colocou alguns jogadores para simularem o atacante santista e acostumar Guilherme ao trabalho que terá no confronto de domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.