Tite espera mais reforços no São Caetano

Apesar da desistência oficial da diretoria do São Caetano na contratação do meia Ramon, o técnico Tite demonstrou muita confiança de que ganhará pelo menos mais dois reforços de qualidade nos próximos dias. O volante Tinga, do Grêmio, e o atacante uruguaio Ortemann, do Olímpia do Paraguai, são os mais cotados. A diretoria comunicou o técnico nesta segunda-feira sobre a impossibilidade financeira de acordo com Ramon, ex-Vasco, e que está muito valorizado, sendo procurado por vários clubes depois da boa temporada no futebol japonês pelo Verdy Kawasaki. O clube também já tinha tentado Marcelinho Carioca, antes do acerto dele com o Vasco. Por outro lado, Tinga já teria acertado as bases de seu contrato, mas depende de uma audiência, nesta quarta-feira, na Justiça do Trabalho de Porto Alegre, onde reclama de atrasos salariais do Grêmio e deve ficar com seus direitos federativos. Com relação a Ortemann, ele foi oferecido ao clube por meio do empresário Juan Figer, que mantém contatos e negócios permanentes com o time do ABC. "Já temos um grupo forte, mas estas peças vão fortalecer ainda mais nosso elenco", diz Tite, que reconhece a necessidade do São Caetano conquistar um título de expressão para se firmar como grande clube do futebol brasileiro. "Temos esta chance na Taça Libertadores, uma competição importante e rápida", afirmou Tite, indicando a prioridade nesta temporada. O zagueiro Serginho praticamente renovou seu contrato por mais dois anos. E o recém-contratado Gilberto, do Grêmio, vai se apresentar nesta terça-feira no clube, portanto, chega com um dia de atraso do que tinha sido combinado.Desde domingo, os jogadores estão treinando na Chácara Santa Luzia, em Mauá, onde ficam até domingo, num período de pré-temporada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.