Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Tite evita eleger rival do Corinthians, mas espera não pegar time brasileiro

Depois da vitória sobre o San Jose, Alvinegro garantiu o primeiro lugar no Grupo 5 da Libertadores

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

11 de abril de 2013 | 08h13

SÃO PAULO - Após a vitória por 3 a 0 sobre o San Jose, conquistado na noite da última quarta-feira, no Pacaembu, Tite evitou especular sobre quem será o rival do Corinthians nas oitavas de final da Copa Libertadores. Mas o técnico do Corinthians reafirmou que prefere não enfrentar times brasileiros já na próxima fase.

"Eu gostaria de enfrentar brasileiros só no final, já sabem da minha opinião, não modifico. Se pudesse pegar outras equipes (estrangeiras), gostaria que fosse assim", disse Tite. "É muito cedo, algumas equipes têm quatro rodadas disputadas, vai rodar muita água."

O Corinthians garantiu o primeiro lugar do Grupo 5 da Libertadores. Atingiu 13 pontos, com oito gols de saldo. O Tijuana, segundo colocado, somou os mesmos 13, mas tem saldo positivo de quatro bolas na rede. No momento, o time corintiano é o segundo melhor colocado geral, mas pode ser ultrapassado por Santa Fé, Libertad, Nacional e Olímpia até o final da primeira fase.

Sobre os mata-mata, Tite disse que a margem de erro é pequena nesses jogos e que a maturidade emocional do grupo pesa muito. O pior nessa fase é perder jogadores por contusão, apontou o comandante.

O Corinthians volta a campo domingo pelo Campeonato Paulista, em Lins, diante do Linense. O time também está já classificado para a próxima fase do Estadual - tem 32 pontos, em quinto lugar. Mas meta de Tite é ficar entre os quatro primeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.