Alex Silva/AE
Alex Silva/AE

Tite exalta Guerrero e Romarinho após vitória por 3 a 0 do Corinthians

Treinador dá moral para seus jogadores após surra no Sport

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2012 | 20h13

O técnico do Corinthians, Tite, elogiou o desempenho de Guerrero e Romarinho após a vitória por 3 a 0 sobre o Sport, neste domingo, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. Para o treinador, o peruano teve uma "atuação exemplar", enquanto que o brasileiro mostrou estar "cada vez mais maduro e pronto para atuar pela equipe".

Tite também destacou a atuação do elenco no segundo tempo. Após uma primeira etapa travada e de ataques pouco ofensivos, foi somente na reta final do jogo que saíram os três gols da vitória corintiana. Mesmo assim, revelou ser necessário pressionar a equipe a ir para cima dos adversários, neste momento em que os corintianos não precisam se preocupar tanto com o Campeonato Brasileiro.

"Tem de pilhar o grupo o tempo todo para que eles se mobilizem", afirmou o comandante, visando afastar de vez o risco de rebaixamento e voltar suas atenções apenas para o Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado em dezembro, no Japão.

Assim como o técnico, os jogadores do Corinthians também exaltaram a atuação no segundo tempo. "A gente veio para o segundo tempo com a ideia de mostrar que dentro de casa quem manda somos nós", disse Romarinho, autor de dois gols e artilheiro da equipe neste Campeonato Brasileiro, com seis bolas na rede.

"O Sport estava muito fechado e na segunda etapa eles não conseguiram nos marcar, e os gols saíram", analisou Paulinho, autor do gol que abriu o placar. "Não consegui o meu gol, é verdade, mas o importante é que o time ganhou os três pontos e a torcida está contente", concluiu Guerrero. Sobre a possibilidade de integrar a equipe que irá ao Japão em dezembro, o peruano afirmou: "Tenho confiança que consigo uma vaga".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCorinthiansSport

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.