Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Tite exalta momento, mas admite defeitos e prevê oscilação

'Não podemos ser um falso humilde', diz técnico do Corinthians

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

09 Março 2015 | 08h25

Tite pede cautela ao torcedor com a boa fase do Corinthians. O time está invicto há 13 jogos, mas o treinador destaca que a equipe ainda passa por um processo de evolução e tem muito a melhorar.

"Vamos oscilar, mas precisamos ter padrão de desempenho. É uma escada. Sobe, se mantém e depois sobe. Derrotas são inevitáveis. Quarta-feira (contra o São Bernardo, no Itaquerão), vamos sofrer. Estamos olhando os defeitos. Aqui não tem técnico que esconde os defeitos", disse o treinador após a vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, no Morumbi.

Para Tite, o principal defeito da equipe hoje está nas jogadas de bola parada. O Corinthians levou alguns sustos nesse tipo de lance nas partidas contra San Lorenzo, pela Libertadores, e diante do São Paulo.

"Não podemos ter um falso humilde ou complexo de vira-lata. Estamos ganhando, mas vamos perder. Quando está bom, está bom. Mas temos de crescer em jogadas de bolas paradas. Aí vai o técnico cobrar no vídeo e mostrar. É inevitável que vamos perder, mas ter essa preparação nos treinamentos é fundamental", disse.

O Corinthians lidera o Grupo 2 do Campeonato Paulista com 19 pontos, nove a mais do que o terceiro colocado Audax, e não deve ter problemas para garantir uma das duas vagas da chave na próxima fase. Na Libertadores, a equipe também lidera o seu grupo e tem 100% de aproveitamento, com seis pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.