Tite exalta Muricy e pede atenção a meias do Santos

Às vésperas do clássico com o Santos, o técnico Tite fez elogios ao rival Muricy Ramalho nesta sexta-feira. O treinador do Corinthians exaltou as conquistas do atual comandante santista, mas projetou um clássico sem favoritos para o domingo.

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

16 de setembro de 2011 | 16h56

"O Muricy montou equipes de qualidade e é o maior vencedor dos últimos cinco, seis anos no futebol brasileiro. A qualidade dele é inquestionável", afirmou Tite, preocupado com o poder ofensivo do adversário.

O técnico espera dificuldade para neutralizar Neymar e Borges, artilheiro isolado do Brasileirão, mas pediu atenção especial ao meio-campo santista. "São dois [atacantes], mas eles dependem de ser municiados dos que vêm de trás, o Danilo, o Arouca, o Léo, a bola só chega lá se sair bem daqui de trás", analisa Tite, que descartou favoritos para o duelo, apesar da boa diferença entre os dois times na tabela do Brasileirão.

"Quando é clássico não pinta favoritismo", afirmou o técnico. "A vitória no clássico é importante. Na pontuação, o Santos não é um adversário na briga pelo título, não está entre os oito primeiros, mas independente disso o grau de importância do jogo é grande", completou Tite.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansTite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.