Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Tite exalta vitória em 'momento difícil' e pede tempo para time crescer

Alvinegro supera Shakhtar Donetsk por 3 a 2 na Florida Cup

Estadão Conteúdo

21 Janeiro 2016 | 11h08

O técnico Tite exibiu satisfação com o desempenho do Corinthians na vitória por 3 a 2 sobre o Shakhtar Donetsk, conquistada na noite de quarta-feira, em Orlando, nos Estados Unidos, no último jogo da equipe na Florida Cup, torneio amistoso realizado pelo time em sua pré-temporada.

E a satisfação de Tite está diretamente ligada ao fato de que a equipe jogou ainda mais desfigurada em relação ao duelo contra o Atlético-MG, no último domingo, quando os corintianos perderam por 1 a 0 na estreia da Florida Cup. Naquela ocasião, os corintianos fizeram o primeiro jogo após a saída de Jadson, Renato Augusto, Ralf e Vagner Love, todos negociados após a conquista do Campeonato Brasileiro do ano passado. E desta vez a equipe ainda não teve o zagueiro Gil, negociado com o futebol chinês.

"Desempenho e resultado é bom sempre, te impulsiona, dá confiança para a sequência. Nível altíssimo de exigência. É o momento que a equipe está se reestruturando. É um momento muito difícil. Passo a passo vamos fazer essa recondução", ressaltou Tite, que encarou com naturalidade a queda de rendimento exibida pelo Corinthians na parte final do jogo com o Shakhtar, que por pouco não empatou o amistoso após ter encerrado o primeiro tempo perdendo por 3 a 1.

"O nível dos dois jogos (contra Atlético e Shakhtar) foi muito parecido, com dificuldades parecidas. De novo, tivemos um bom desempenho. Mas por sermos competitivos, tínhamos de ter um bom resultado. Foram 75 minutos muito bons. Nos últimos 20, caiu", completou o comandante, em entrevista coletiva, na qual disse que será preciso de tempo para a equipe engrenar. "O grande Milan de Carlo Ancelotti passou dois anos sem ganhar nada para remontar a equipe. Futebol precisa de tempo, não há magia. É reestruturar, ganhar e perder para aprender", disse, lembrando de um dos grandes times da história para pedir paciência com o novo ciclo que se inicia.

ROMERO E YAGO ELOGIADOS

O atacante Romero, autor de dois dos três gols do Corinthians nesta quarta-feira, também foi alvo de elogios de Tite, que admitiu que o paraguaio está rendendo até mais do que ele esperava que poderia render no setor ofensivo.

"Romero está me surpreendendo desde a temporada anterior. Na parte tática, era um jogador de movimentação que atacava espaços na faixa central. Ele começou a se desenvolver melhor na faixa lateral, fazendo transições e dando profundidade", analisou.

Já ao comentar a saída de Gil, o treinador admitiu que espera pela contratação de um novo zagueiro, embora também tenha elogiado a atuação do garoto Yago, substituto do antigo titular nesta quarta-feira. "O que posso falar no momento é que o Yago é muito regular, mantém um padrão de atuação eficiente, sempre nota 7, daqui a pouco 8. Ele atingiu nível de maturidade e concentração. O quanto pode progredir, o campo vai dar", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.