Tite faz mistério e cogita manter Inter no 3-5-2

Preocupado com a instabilidade do Internacional nos últimos jogos, o técnico Tite voltou a esconder a escalação do time para o Gre-Nal e disse estar cogitando manter o esquema 3-5-2, testado contra o Fluminense na última rodada do Brasileirão.

AE, Agencia Estado

17 de julho de 2009 | 19h52

Tite não poderá contar com os volantes Magrão e Glaydson, expulsos na vitória sobre o Fluminense, no meio da semana. Em compensação, terá a volta de Sandro, que treinou nesta sexta-feira e está recuperado de lesão.

O treinador confirmou apenas Bolívar e Kléber, que voltam ao time depois de cumprir suspensão. Mas manteve o mistério sobre os demais e até sobre a formação tática da equipe. "O 3-5-2 se tornou uma opção em função da carência de volantes no momento, mas ainda estou estudando a melhor formação", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.