Tite fica sem Emerson e Guerrero diante do Criciúma

O técnico Tite pretendia escalar o Corinthians com três atacantes diante do Criciúma, neste sábado, em Itu, no interior de São Paulo, para tentar acabar com a sequência de quatro jogos sem vitória - três empates e uma derrota. Mas ficou sem duas opções para o setor, com as ausências de Emerson e Guerrero, e terá que armar o time com apenas dois na frente: Alexandre Pato e Romarinho.

FÁBIO HECICO, Agência Estado

18 de outubro de 2013 | 19h21

Ainda com dores no pé esquerdo - tem uma fissura no quinto metatarso e uma inflamação no local -, Guerrero nem viajou com a delegação corintiana para Itu. E Emerson recebeu nesta sexta-feira a suspensão de 1 jogo, ao ser condenado em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela agressão ao volante Ferdinando, da Portuguesa, em duelo do dia 29 de setembro.

Apesar de não ter recebido cartão do árbitro na partida, Emerson foi condenado pelo STJD pelas imagens da tevê e acabou sendo punido, virando desfalque diante do Criciúma. O zagueiro Gil também foi julgado nesta sexta-feira, pela expulsão no mesmo confronto com a Portuguesa em Campo Grande, e pegou 1 jogo de suspensão - como já foi cumprido, ele poderá jogar normalmente neste sábado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansTite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.