Bernat Armangue/AP
Bernat Armangue/AP

Tite já estuda substituto para Vinicius Junior na seleção brasileira

Atacante do Real Madrid sofreu grave contusão no tornozelo direito e deverá fica fora dos amistosos do fim do mês

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de março de 2019 | 04h30

O técnico Tite vai decidir no máximo até o início da próxima semana se convocará um substituto para Vinicius Junior para os amistosos da seleção brasileira contra Panamá e República Checa. A maior probabilidade é de que chame outro jogador. O atacante sofreu séria contusão no tornozelo direito na terça-feira, na derrota do Real Madrid por 4 a 1 para o Ajax, e vai parar por algumas semanas.

Vinicius faria sua estreia na seleção principal. Mas, nesta quarta, teve constatada por meio de exames “o rompimento de um ligamento da articulação tibiofibular’’ da perna direita. Os médicos do Real Madrid não deram estimativa sobre o tempo de recuperação do garoto. Por comunicado, disseram apenas que o caso está “pendente de evolução”. Em casos semelhantes, são necessários dois meses para a recuperação total do atleta.

A comissão técnica da seleção, porém, optou por esperar que o Real Madrid envie à CBF as informações oficiais sobre a contusão do atacante para decidir se chama um substituto ou não. David Neres, do Ajax, e Dudu, do Palmeiras, surgem como possíveis candidatos à vaga.

A seleção brasileira se apresenta nos dias 17 e 18, na cidade do Porto, local da partida contra o time nacional do Panamá, marcada para o dia 23. No dia 26, a equipe de Tite atua em Praga, contra os checos.

Esses dois amistosos representariam a maior chance que Vinicius Junior teria para mostrar a Tite que, aos 18 anos, já está habilitado para fazer parte do grupo que disputará a Copa América. A contusão coloca em risco sua convocação para o torneio que vai ser realizado no Brasil de 14 de junho a 7 de julho. Se o prazo estimado de recuperação for confirmado, o atacante só voltará a jogar em maio, poucos dias antes de Tite anunciar seu grupo para o torneio sul-americano.

TORÇÃO

Vinicius Junior se machucou aos 31 minutos do jogo em que o Real Madrid foi goleado pelo Ajax. Seu time já perdia por 2 a 0 quando ele recebeu uma bola na intermediária e arrancou em direção à área holandesa. Chegou a concluir para o gol, mas pisou em falso e caiu fora do gramado já chorando por causa das dores no local.

O brasileiro foi substituído por Asensio logo depois de ser examinado, dirigiu-se chorando para o vestiário, mas pouco depois ele voltou e se sentou no banco de reservas, colocando gelo no local da contusão.

Depois da partida, embora ainda reclamasse de dor, Vinicius Junior disse que os médicos do Real Madrid o haviam tranquilizado, dizendo que a contusão não parecia tão grave. Mas o exame de imagem realizado na manhã de quarta mostrou um quadro diferente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.