Peter Nicholls|Reuters
Peter Nicholls|Reuters

Tite lamenta lesão de Gabriel Jesus: 'Ele está bastante frustrado'

Atacante do City sofreu uma fratura no quinto metatarso do seu pé direito

Estadao Conteudo

14 Fevereiro 2017 | 20h58

O técnico Tite, da seleção brasileira, lamentou a lesão sofrida por Gabriel Jesus na segunda-feira, em jogo do Manchester City no Campeonato Inglês. Nesta terça, o treinador revelou que conversou com o atacante e disse que ele estava "frustrado" em razão do problema físico justamente quando brilhava em seu início de trajetória com a camisa do clube inglês.

"Conversamos hoje à tarde pelo telefone. Ele está bastante frustrado, dava para perceber pelo tom de voz. Pelo nível de jogo que atingiu na seleção e no Palmeiras, é bastante frustrante para o garoto...", disse Tite, em entrevista ao canal EI MAXX.

Gabriel Jesus sofreu uma fratura no quinto metatarso do seu pé direito, ao se machucar sozinho, aos 14 minutos do primeiro tempo do jogo em que o Manchester City venceu o Bournemouth por 2 a 0, na segunda-feira.

O clube evitou definir um prazo para a recuperação do atleta, mas é provável que o atacante não tenha condições de defender a seleção brasileira no próximo jogo das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. A partida será contra o Uruguai, no dia 23 de março.

Questionado sobre a possível substituição de Gabriel Jesus na equipe, Tite se esquivou e afirmou que "a vaga está aberta", sem citar nomes. Mas avisou que vai levar em conta a atuação dos jogadores no amistoso com a Colômbia, em amistoso, ao definir os futuros convocados, no início do próximo mês.

Tite concedeu a entrevista nas tribunas do estádio Parque dos Príncipes, onde assistiu à goleada do Paris Saint-Germain sobre o Barcelona pelo placar de 4 a 0, nesta terça, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O treinador da seleção acompanhou o jogo in loco para observar os brasileiros em ação, como Neymar, Lucas Moura, Marquinhos e Rafinha. E, na avaliação de Tite, Neymar foi o melhor jogador do Barça em campo. "Eu só vi o Neymar jogando hoje...", afirmou.

Também sobrou elogios para Marquinhos. "Vejo muita força nele, é muito seguro, mesmo sendo jovem ainda. Ele joga com naturalidade, com desenvoltura", declarou Tite.

O técnico também foi perguntado sobre o outro jogo da Liga disputado nesta terça, entre Benfica e Borussia Dortmund, em Lisboa. Tite foi representado naquela partida pelo ex-goleiro Taffarel, que observou a grande atuação do goleiro Ederson, cotado para ganhar novas chances na seleção. Nesta terça, ele até defendeu pênalti, garantindo a vitória dos portugueses por 1 a 0.

Tite evitou comentar a futura convocação, mesmo quando questionado sobre Alisson, atual titular da seleção, mas que vem ganhando poucas oportunidades na equipe titular da Roma. "Essa realidade já vem há um tempo. Mesmo assim, ele fez grandes jogos", desconversou o técnico, sem comentar a possibilidade de dar uma chance a Ederson, no lugar de Alisson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.