Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Tite muda seleção e confirma escalação com Thiago Silva e Douglas Costa na Rússia

Técnico saca Marquinhos e usa atacante do Bayern para substituir Neymar contra a Rússia nesta sexta

O Estado de S.Paulo

22 de março de 2018 | 12h13

O técnico Tite comandou nesta quinta-feira um treinamento no estádio Luzhniki, em Moscou, e confirmou três mudanças na escalação da seleção brasileira para o amistoso contra a Rússia, que ocorrerá no mesmo local, o palco principal da Copa do Mundo de 2018. O treinador promoveu as entradas de Thiago Silva na zaga no lugar de Marquinhos e de Douglas Costa na vaga aberta por Neymar, afastado dos gramados enquanto se recupera de uma cirurgia no quinto metatarso do pé direito.

+ Sem Neymar, Fred herda camisa 10 da seleção; Ismaily é o 6

+ Pelé cancelan viagem à Rússia por problema no joelho e CBF adia homenagem

+ Griezmann deseja rápida recuperação a Neymar e quer evitar Brasil na Copa

Outro jogador que vinha atuando como titular do time nacional e foi para a reserva nesta formação escolhida pelo comandante é o meio-campista Renato Augusto, que acabou sendo sacado para a entrada de Willian. Em ótimo momento com a camisa do Chelsea, este último ajudará a tornar a seleção um pouco mais ofensiva para compensar a ausência de Neymar, pois Renato Augusto vem jogando mais recuado como um segundo volante e é um jogador de menos mobilidade do que o atleta da equipe inglesa.

Assim, Tite deve levar o Brasil a campo nesta sexta-feira, no amistoso marcado para começar às 13 horas (de Brasília), com a seguinte escalação: Alisson; Daniels Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Willian e Philippe Coutinho; Douglas Costa e Gabriel Jesus.

Entre estes titulares, destaque também para o goleiro Alisson, que foi confirmado como capitão do Brasil para este duelo contra a Rússia. Esta será a primeira vez que o jogador da Roma exibirá este status de vestir a braçadeira em uma partida da seleção, na qual Tite vem promovendo um rodízio de capitães. Ele será o 15º jogador a desempenhar este papel em 18 jogos do Brasil sob o comando do treinador.

O treinamento desta sexta-feira foi realizado sob uma temperatura de 0ºC e a previsão do tempo indica um frio ainda mais intenso no horário da partida desta sexta, quando a seleção brasileira disputará o seu penúltimo amistoso antes da convocação da lista final para a Copa do Mundo. Após encarar os russos, o time de Tite terá pela frente a Alemanha na próxima terça-feira, em Berlim, onde o time nacional reencontrar o adversário que goleou o Brasil por 7 a 1 na semifinal da Copa de 2014.

Tite anunciará em maio os convocados para o Mundial, no qual a seleção vai estrear no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov. Antes disso, a equipe brasileira fará dois amistosos, contra Croácia e Áustria nos dias 3 e 10 do mesmo mês, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.